Dicas de Istambul | Turquia

Posted by & filed under ÁSIA, ESSENCIAL, EURÁSIA, EXPERIÊNCIAS, Istambul, Istambul, TURQUIA, Turquia, Viagem a seu Gosto, Viagem a seu Jeito.

Mesquita Azul

Foram as disciplinas de História e minha professora Antonieta que me levaram a querer conhecer a Turquia, mais especificamente Istambul. Conhecer essa cidade cheia de história, com cultura e costumes  tão diferentes sempre me pareceu muito empolgante! E 2014 foi o ano de realizar esse sonho: fui, voltei e aqui estou para contar tudo e dar algumas dicas. Quem sabe não posso ajudar alguém a curtir tanto quanto eu essa cidade que é Ásia e Europa ao mesmo tempo?

Com vocês, Constantinopla!!!

Mesquita Azul

Mesquita Azul

Quando ir

Considero primavera e outono as melhores épocas. As temperaturas mais amenas da meia estação facilitam a vida do turista e também são os melhores períodos  para ir à Capadócia – outro destino obrigatório dessa minha viagem – e lá andar de balão (foi mágico, em breve post aqui no blog).

Com agência ou sem agência?

Fiz essa viagem com uma amiga de longa data, Karen; ótima companhia que fez a viagem ficar cheia de histórias e com muitas risadas no currículo. O fato de ir somente com uma amiga e querer conhecer outras cidades da Turquia trouxe a reflexão: ir por conta própria ou através de agência? Conversando com outras duas amigas que haviam ido a Turquia recentemente, concluí que era sensato fazer um pacote.

# Dica:

Caso queira conhecer mais cidades da Turquia, recomendo fazer a viagem com agência. Se pretende conhecer apenas Istambul e Capadócia, penso que dá para se virar sem ajuda. A principal razão para tal dica é a língua. Nem todos entendem inglês (nem o básico muitas vezes), a língua deles é bem difícil, foi bem complicado de aprender o básico (obrigada, por favor, etc) e mesmo em Istambul tivemos dificuldades com taxistas e em algumas lojas e restaurantes. Leve sempre com você o endereço pretendido por escrito, inclusive do seu hotel.

Moeda

A moeda deles é a Lira Turca (TL). Quando fui, em outubro de 2014,  1 lira turca era praticamente 1 real, o que facilitou muito na hora das comprinhas. Levei dólar e euro e lá eu trocava por liras nas casas de câmbio. Na ocasião, valeu mais a pena trocar os dólares que os euros; e as casas de câmbio da região do Grand Bazar, Bazar de Especiarias e a Istiklal Caddesi eram as que ofereciam mais vantagens na hora do câmbio  e, detalhe, no início do dia o câmbio era melhor.

Uma pergunta que pode surgir: e não tem como usar dólar e euro ao invés de trocar por liras turcas? Sim, você pode! Mas geralmente a cotação que os turcos usam é a melhor para eles e não a melhor para nós – acabam arredondando e nessa perdemos uns bons trocados.

# Dica:

Leve dólares e lá troque nas casas de câmbio por lira turca no início do dia nas regiões do Grand Bazar e Istiklal.

Transporte em Istambul

Fiquei 5 dias em Istambul, 2 dias com agência e 3 dias por conta própria. Mesmo quando estava com pacote, a noite havia necessidade de se locomover para jantar e passear. Minha opção foi pelo táxi: é fácil, rápido e realmente barato quando comparado ao Brasil. Fazendo alguns cálculos eu notava que de transporte público a maioria dos trajetos sairiam por volta de 8 liras turcas (para duas pessoas) e de táxi sairia em torno de 12 liras. Se pensarmos em valores, 50% mais caro, mas se pensarmos que por R$4,00 estaria rapidamente em frente ao destino, realmente vale a pena.

Exceção ao táxi, foi um bondinho que peguei na Istklal Caddesi. Fui muitas vezes a essa avenida/calçadão e como ela é longa, o bonde ajudou em alguns momentos. Ele liga a praça Taksim à praça Túnel e percorre toda a avenida. É bem bonitinho e antigo – ele anda pelo meio do calçadão e vai tocando um sino. Nos blogs que li, diziam que era cobrado uma passagem, mas nunca encontrei alguém cobrando…

Como praticamente não usei transporte público, fica aqui a dica de um blog com algumas orientações: clique aqui!

Hospedagem

Eu me hospedei num ótimo hotel, Renaissance Istanbul Bosphorus Hotel. Quarto super confortável, café da manhã espetacular e uma vista linda da Ponte do Bósforo. Apesar disso, não o indicaria por não ser próximo de nenhum dos pontos turísticos de meu interesse. Considero a região da Istiklal Caddesi ou Sultanahmet mais práticos. De qualquer forma, aqui algumas fotos do hotel.

Renaissance Istambul

Renaissance Istambul

banheiro hotel istambul turquia

Pontos Turísticos de Istambul

Há muita coisa para se conhecer, acredito que sejam necessários 4 dias para conhecer o essencial.

Mesquita Azul, Hagia Sofia e Cisternas da Basílica

Esses três passeios são bem próximos e o ideal é aproveitar as curtas distâncias entre eles para otimizar o dia de passeios pela parte antiga de Istambul (Sultanahmet).

A Mesquita Azul é considerada um dos cartões postais da cidade mais famosos. Grande, linda e imperdível. Para entrar, é necessário estar vestido adequadamente (homens usar calça e mulheres cobrir colo e usar saia longa ou calça); para as mulheres, também é necessário cobrir a cabeça (pode-se levar lenços/pashminas ou usar o tecido que a própria mesquita cede).

Dentro da Mesquita Azul

Dentro da Mesquita Azul

Mesquita Azul

Mesquita Azul

Placa em frente à Mesquita Azul com as normais para entrar nela

Placa em frente à Mesquita Azul com as normais para entrar nela

Muitos turistas :)

Muitos turistas 🙂

Ablução

Ablução

– Curiosidade: Um pouco antes da entrada da Mesquita Azul é possível ver locais para lavar os pés, o que certamente gera bastante curiosidade em parte dos turistas. Pesquisando, descobri que é um ritual de purificação que os muçulmanos fazem antes de suas preces. Lembrando que para eles há 5 momentos durante o dia (as Mesquitas avisam quando é a hora) para fazer suas orações, sempre voltados para Meca: Oração do Alvorada, do Meio Dia, da Tarde, do Crepúsculo e do Início da Noite. E a oração consiste de alguns versículos do Alcorão repetidos algumas vezes.

Quase em frente à Mesquita Azul está Hagia Sofia, outro lugar importante da cultura Turca. Ela foi construída no ano de 532 para ser a Catedral Católica e por quase mil anos foi considerada a maior igreja católica do mundo. Com a tomada de Constantinopla pelos Otomanos, ela foi convertida para Mesquita e finalmente, hoje é um museu.

Hagia Sofia

Hagia Sofia

Interior de Hagia Sofai

Interior de Hagia Sofia

Nos arredores da Mesquita Azul e Hagia Sofia, é possivel conhecer os jardins e também o local onde existia o Hipódromo de Constantinopla.

hipodromo istambul

Por incrível que pareça, abaixo desses famosos pontos turístico há uma imensidão de cisternas (reservatórios de água) e parte delas pode ser visitada através de passarelas.

Curiosidade: essas cisternas foram usadas como set de filmagem de um filme do James Bond: From Russia, With Love. Vale muito a visita.

Cisternas de Istambul

Cisternas de Istambul

Medusas nas Cisternas de Istambul

Medusas nas Cisternas de Istambul

Grand Bazar e Bazar de Especiarias

Não muito longe da Mesquita e de Hagia Sofia, está o Grand Bazar e o Bazar de Especiarias. O dia que visitei esses locais, foram dias de compras, por isso, as fotos foram feitas todos com meu celular. Infelizmente, perdi todas as fotos e estou sem nenhuma para mostrar para vocês. Mas nem por isso deixarei de falar da maravilha desses locais. Reserve o dia todo para conhecê-los.

O Grand Bazar é enorme e a vontade de ficar lá o dia todo é muito grande (ao menos para 95% das mulheres do planeta, acredito eu). Pode-se encontrar de tudo, desde roupas, tapetes, sapatos, bolsas, jóias, bijuterias, prataria, etc. é importante não esquecer da arte de pechinchar, o valor é alto, mas com muita barganha é possível diminuir consideravelmente o valor; muita vezes, até a metade do preço. Comprei jaquetas de couro e algumas peças de louça simplesmente maravilhosas. E confesso, a vontade de voltar lá outro dia foi grande.

Já o Bazar de Especiarias não é tão grande assim, mas é também muito legal. Muito tempero, chás, frutas e doces típicos, imperdível.

Mas cuidado, tanto no Grand Bazar quanto no Bazar de Especiarias é preciso ser cauteloso, as vezes nos empolgamos e depois o arrependimento é grande. Vou contar um causo: logo na entrada do Bazar de Especiarias, encontrei chá de maçã verde  para vender (que tomei numa das lojas do Grand Bazar e me apaixonei – minha amiga, também). E nossa… o vendedor ofereceu muito desconto e falou sobre as peculiaridades do chá, que era muito especial. Me empolguei e tanto eu quanto minha amiga, compramos 500gr cada uma. Fim da história: o chá era ruim e o valor que paguei dava para comprar uns 10kg fora do circuito turístico rsrs. Mas…faz parte, são essas histórias que depois contamos, rimos e se tornam parte de nossa história de vida e aventuras.

 Chá turco - Maravilhoso! O meu preferido: de maçã verde

Chá turco – Maravilhoso! O meu preferido: de maçã verde

Palácio Dolmabahce

Esse lugar é muito lindo, fica nas margens do Bósforo e foi o centro administrativo da Turquia por muitos anos. Lá que Ataturk, primeiro presidente da Turquia, viveu seus últimos anos. Infelizmente é proibido tirar fotos dentro dele, mas é algo memorável. Particularmente, eu nunca tinha visto algo tão suntuoso e luxuoso em minhas viagens. Muito ouro, cristais, lustres gigantes e imponentes além do número de cômodos, que é impressionante (isso que não é permitido conhecer nem metade do palácio).

Jardins do Palácio de Domabahce

Jardins do Palácio de Dolmabahce

domabahce palacio

Interior do Palácio – Fonte: 91 Days in Istanbul

 Fonte: 91 Days in Istanbul

Fonte: 91 Days in Istanbul

Palácio de Topkapi

Esse palácio foi nada mais, nada menos, que a morada dos sultões por mais de 3 séculos (ou seja, sede do Império Otomano) e seu harém foi o mais famoso do mundo: especula-se que lá haviam mais de 1000 mulheres, algumas delas, presentes de outros líderes para o sultão. Para evitar que essas mulheres tivessem relação sexual com outros homens, haviam os eunucos, homens castrados e que cuidavam da segurança das mulheres.

Palácio de Topkapi

Palácio de Topkapi

sultal harem istambul constantinopla  topkapi sultao turquia

topkali cama sultao harem

casa do sultao istambul

Passeio de Barco pelo Bósforo

Fazer um passeio de barco pelo Bosforo é obrigatório para quem vai à Istambul. Ver a cidade e passear por esse estreito (que liga o Mar de Mármara ao Mar Negro) que separa a Europa da Ásia é algo que nos faz ver a cidade de uma forma diferente e muito bonita. A Ponte do Bósforo é sempre um belo cartão postal, independente de onde você estiver. Pena que no dia do passeio, o tempo não estava muito bom…

cartao postal istambul mesquita

kempnski hotel istambul

O famoso e luxuoso Hotel Kempinski

passeio barco istambul

Torre de Gálata ao fundo

dolmabahce istambul turquia barco

Palácio de Dolmabahce passeios de barco em istambul como fazer

passeio barco bosforo em istambul

Parte da Ponte do Bósforo

Bairro de Ortakoi

Simplesmente um bairro delicioso para se visitar principalmente durante a noite. Comida típica, bons restaurantes, vista linda do Bósforo e da ponte. Perfeito para fotos. Enfim, mais um passeio imperdível, fui duas noites de tanto que curti.

ortakoy em istambul passeios

Centrinho do Bairro

bosforo ortakoy turquia istambul

Mesquita de Ortakoi

ponte do bosforo istambul

Ponte do Bósforo vista de Ortakoi

Locais Interessantes para conhecer e Almoçar ou Jantar

Vou citar agora alguns lugares interessantes para visitar e aproveitar para jantar ou almoçar.

O Bairro de Bebek é um bairro mais afastado da parte turística, mas é um lugar descontraído e ótimo para um almoço ou lanche de fim de tarde. O Starbucks de lá é lindo. Nesse dia, optei por ir numa loja da franquia Kitchenette. Melhor Waffle da vida 😉

kitchenette istambul

No bairro de Ortakoi, que já citei anteriormente, há dois lugares imperdíveis: Sorvetes Mado e The House Café (tem lojas em outras endereços, mas esse é muito gracioso e bem localizado).

mado istambul sorvete

Sorveteria Mado

sorvete mado turquia

Sorvete típico da Turquia, aprovado!

the house cafe istambul turquia

O The House Café é super bonito e os pratos, deliciosos

mezes turquia house cafe

Super tradicionais e deliciosos: Mezzes – antepastos turcos encontrados em toda parte

Em vários locais é possível encontrar o famoso doce turco Baklava, massa folheada com pistache, amêndoas e mel.

Baklava

Baklava

Para quem quer um restaurante mais badalado (mais tarde vira baladinha) e ver gente bonita, a sugestão é o Reina (sugiro reservar). O lugar é lindo e o atendimento excelente. A vista? Imperdível, nas margens do Bósforo.

Jantar no Reina

Jantar no Reina

Para pratos simples, deliciosos e com peixes frescos, nada como um dos restaurantes da ponte de Gálata.

Ponte de Gálata

Ponte de Gálata

Caso você seja daqueles que adora uma comida de rua típica, aposte nos mariscos recheados, iguaria super diferente e indicada pelo Antony Bourdain. Eu provei, repeti e queria sempre mais. Fácil de encontrar na Istiklal Caddesi.

Mariscos recheados

Mariscos recheados

 Outras dicas

– Nissantasi: para quem quer conhecer o bairro chique e das grifes, esse é o bairro. Acabei não indo por falta de tempo, mas dizem ser uma região bonita e agradável, algo semelhante a Oscar Freire de SP.

– Istiklal Caddesi: calçadão no centrão de Istambul. Muitas lojas, restaurante, lanchonetes  (tem Shake Shack..quem conhece, sabe do que estou falando rsrs), shoppings, etc. Muito legal percorrer o calçadão todo e, se estiver cansado para voltar, dá para fazer o retorno de bondinho, uma graça. Muito turista e também gente local. Também perdi as fotos… 🙁

Istiklal Caddesi

Fonte: www.cheapvacationholiday.com/istanbul/

Pessoal, sei que o post ficou longo e talvez não tão organizado, mas quis reunir tudo num só, pois ainda restam muitos outros posts da Turquia. Impossível dar muitos detalhes sobre as atrações, pois grande parte foi organizada pela agência que fui, o que facilitou minha vida e me deixou meio desinformada sobre os trâmites organizacionais. Apenas embarcava no ônibus e chegava no destino. Mas se tiverem dúvidas, deixem nos comentários que tentarei ajudar, ok?

E, agora para finalizar, conto para vocês como foi que terminei minha viagem: com um banho turco/hamam em grande estilo!

Para quem não sabe, os banhos turcos surgiram porque muito tempo atrás os mercadores da Turquia percorriam longas e desertas áreas. Ao fim dessas viagens, eles estavam  cansados e com a pele bastante ressecada. Esses banhos vieram para hidratar e limpar essa pele castigada. Há vários banhos desse tipo espalhadas por Istambul. Mas por se tratar de algo bem íntimo, e minha escolha foi por um lugar mais exclusivo: o SPA da Caudalie no hotel Les Ottomans. Foi uma experiência incrível e valeu cada euro gasto. Banho de piscina, sauna, sala de repouso e por fim, o banho propriamente dito, com direito a esfoliação, hidratação da pele e cabelos e muito relaxamento com os produtos a base de rosas da Caudalie. Puro deleite… Mais uma vez, sem fotos. Mesmo porque, dentro da sala do banho (lugar simplesmente perfeito e lindo) era proibido, quem está lá,  lá está para relaxar 🙂

SPA Caudalie - Les Ottomans

SPA Caudalie – Les Ottomans

caudalie istambul

Banho Turco no hotel Les Ottomans, Spa Caudalie – Simplesmente perfeito!

Agora acabou, juro!!

Um abraço, e até próxima, com mais Turquia para vocês 🙂

#rimosmuito

Conheça a Vanessa Thiesen

Vanessa Thiesen escreveu 32 posts para o TRAVEL FOREVER.

Colaboradora do blog, tem paixão por tudo que se relaciona a viagens: adora o antes, o durante e o depois de todas elas. Sua perdição é perder-se pelas cidades que está descobrindo. Contato: vanessa@travelforever.com.br

Veja também:

Tags: , , , , , ,

5 Responses

  1. Andressa 10 de junho de 2015 às 0:05

    Vanessa,
    Que delicia ver a Turquia pelos teus olhos!
    IST é uma cidade alucinante. Grande, movimentada, cheia de cores e cheiros, gente, gente, gente. Uma explosão de informação e História!
    Uma das amigas consultadas fui eu? Hahaha…
    As fotos ficaram maravilhosas. O post ficou ótimo e nem percebi se ficou extenso. Leitura super agradável!
    Aguardando ansiosamente o que sobre a estonteante Capadócia.
    Beijos,
    Andressa

    Responder
    • Vanessa Thiesen 13 de junho de 2015 às 12:17

      Simm!!! Claro que vc uma das amigas – com dicas preciosas 🙂
      Que bom que gostou, afinal, opinião de quem é do ramo conta muito !

      Daqui uns dias posto Capadócia, quero fotos do hotel maravilha que vc ficou
      Bjos!

      Responder

Leave a Reply

XHTML: You can use these tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>