Los Roques com Crianças? :: 10 considerações

Posted by & filed under AMÉRICA DO SUL, Los Roques, VENEZUELA.

Los Roques Ilha Francisqui Crianças

Desde que fiz o relato “completo” da minha viagem a Los Roques, recebo muitas perguntas de papais e mamães sobre levar (ou não) crianças ao arquipélago. Por conta disso, criei este post – Los Roques com Crianças – e compilei 10 considerações de uma pessoa que foi sem filhos, mas que é mãe, e teria as mesmas dúvidas na hora de avaliar se o destino é ideal para os pequenos ou não. Vamos lá então? Dúvidas na caixa de comentário, please :)

  • Fator Destino

Naturalmente Los Roques é um lugar tentador para passar as férias com os pequenos. Crianças adoram praia, areia, mar, sol e barco, e isto o arquipélago oferece de sobra. O que faz com que os pais tenham certo receio de levar seus filhos, é que Los Roques hoje é um destino voltado para o turismo jovem e de casais, por conta disso, é difícil ver crianças pela ilha (a não ser os locais). Não que isso impeça a escolha, mas saiba que não há outras opções de lazer além de colocar os pés na areia!

  • Fator Aeroportos e outros trâmites

Planejamento! Com crianças, senhores pais, o melhor é ir com tudo comprado. Eu sugiro veementemente que sejam providenciados todos os trâmites aeroportuários (passagens aéreas e transfers) ainda no Brasil. Não dá pra arriscar chegar em Caracas sem as passagens Caracas-Los Roques, pois você corre o risco de ficar no aeroporto por muuuuuuuito tempo. Os aviões são pequenos, sempre há muita procura e, se houver atraso no voo, vc será encaixado no próximo. Mas não dá pra correr o risco de não embarcar por falta de passagem, né?
Outro detalhe importantíssimo é o transfer. Pegar taxi em Caracas está muito perigoso, veja esse relato aqui, com crianças é melhor não arriscar!

  • Fator Acomodação

Como já falei acima, o perfil dos turistas de Los Roques são jovens ou casais sem filhos (ou que não levam os seus). Isso faz com que a maioria das pousadas não possuam opções de quartos para acomodar mais de 3 pessoas. Se você levar apenas um niño, ok, mas se resolver viajar com “todos” os pimpolhos da prole, a coisa dificulta. Os quartos maiores (que são poucos) são bem disputados, o que requer um planejamento prévio e reservas com bastante antecedência. Informe-se bem para achar pousada com o quarto ideal para a sua família. Outro detalhe importante é que as boas pousadas em Los Roques tem o estilo romântico, de charme, e parecem não terem sido feitas para receber crianças. Entretenimento infantil nem pensar…

Los Roques Gran Roque Crianças

Los Roques - Infra estrutura simples e rústica... As crianças tem que gostar de areia!

  • Fator Alimentação

Em Los Roques, a maioria das pousadas e restaurantes são geridos por italianos, então a culinária é caprichada e deliciosa. Come-se muito peixe e pouca carne. Porém os pratos geralmente são “mais” elaborados e dificilmente irão agradar ao palador dos baixinhos. Acredito que, se solicitado, as pousadas podem preparar algum cardápio especial para os pequenos no jantar ou almoço. Falando em almoço, a marmita que é mandada junto nos passeios quebra um galho legal para nós adultos, porém são comidas que dificilmente as crianças gostarão – wrapps, saladas, legumes variados, e outras misturinhas frias. Se seu filho for fresco para comidas “frias e coloridas”, existem mercearias na ilha que lhe darão algumas opções de snacks extras (leia-se besteiras). Lembre-se que em Los Roques, apenas 2 ilhas possuem restaurantes, o restante fica por conta da marmitex mesmo! Picolezeiro na praia, nem pensar…

  • Fator Infra-Estrutura

A ilha principal de Gran Roque oferece “certa” infra estrutura. Todas as pousadas estão localizadas ali, assim como os restaurantes “praia-urbanos” e as poucas lojinhas e mercearias para suprimentos dos locais e turistas. O local oferece certas facilidades, mas não podemos considerar uma boa infra estrutura para crianças… Nem pense sonhe que você vai achar um trocador nos banheiros dos restaurantes, muito menos um espaço kids perdido na ilha. O local é rustico, feito para um turismo despretensioso e despojado. Não que as crianças não sejam bem vindas, mas definitivamente ninguém pensou nelas ao montar seus estabelecimentos (não da forma que nós URBANOS estamos acostumados). Outro detalhe bem importante, é lembrar que, a maioria das ilhas são desertas. Não existe nada comercial para quebrar um galho. Só existem restaurantes em 2 ilhas – Francisquí e Crasquí – e nem sempre estão abertos, ou pasme, tem comida, ou  banheiros! Trocar um bebê, só improvisando na areia mesmo…

  • Fator Sol

Escaldante! Protetor solar em balde para a prole. Los Roques não tem “sombras”. Deus fez o paraíso, mas esqueceu de colocar árvores lá! O sol é fortíssimo, as ilhas desérticas fazem com que a sensação térmica aumente e frite até os miolos. É prudente, além do protetor solar com fator altíssimo, levar aparatos como bonés, camisetas com proteção UV, etc. Lembrando que a pousada geralmente providencia um guarda sol para a família, mas peça um exemplar extra se estiver com seus filhos. Todo cuidado é pouco, já imaginou uma insolação??? Ai, ai, ai…

Los Roques Ilhas de Areia

Sobra sol, falta sombra... Los Roques com Crianças, será?

  • Fator Mosquitos

Assim como todo local quente, quando o vento pára, os mosquitos aproveitam e fazem a festa. Se suas crianças tem alergias, repelente é artigo de primeira necessidade. Confesso que na época que fui não precisei usar repelente, mas os mosquitos de Los Roques são famosos (e muitos) e adoram os pequenos…

  • Fator Atendimento Médico

Gran Roque possui uma farmácia e um postinho médico. É possível conseguir uma consulta médica na ilha (para eventuais problemas), mas atendimentos de emergências que necessitem de infra estrutura hospitalar nem pensar! O hospital mais próximo fica em Caracas, o que demanda um  translado via avião (aprox 1 hora). A farmácia local é pequena, oferece medicamentos básicos, para eventuais necessidades. Recomendo levar uma mini farmacinha consigo.

  • Fator Passeios

Todas as ilhas, mesmo as mais próximas requerem um translado marítimo (via barco). Até ai tudo bem, se não fosse o fator condição climática. Teve um dia que durante o retorno de uma das ilhas, o vento virou, proporcionando um banho constante de água salgada durante todo o trajeto. Em outro dia, pegamos chuva por um bom trecho, resumindo… Se eu estivesse com uma criança de colo nessa situação, não seria nada agradável! Crianças maiores (se não forem frescas) encarariam com naturalidade. Mas pequenos abaixo de 3-4 anos sofreriam com a molhadeira toda e o frio que isso causa. E não adianta capa de chuva… molha igual!

Los Roques Barcos

Los Roques - transporte entre ilhas feito através desse estilo de barco... Nem sempre com proteção solar (toldo)

  • Fator Estilo de Viagem

Tudo depende da família e de seus costumes. Analise se este é o estilo de viagem de vocês. Tem que gostar de praia, não se importam em estar em constante contato com a natureza, se virando do jeito que dá! Mergulhar naquele mar azul com seus pimpolhos não tem explicação. Tem muitos locais sem ondas, que as crianças podem tomar banho tranqüilamente, ver peixes, tartarugas, enfim, muita vida marinha. Mas tem que gostar disso tudo e saber se seus filhos agüentariam o tranco. Los Roques pode ser uma experiência inesquecível para todas as idades. Tudo depende dos seus filhos e de vocês!

Minhas considerações pessoais:
Eu sinceramente não levaria crianças menores de 4 anos para o arquipélago (menor de 1 ano então, nem pensar)!
É a minha opinião em consideração a todos os motivos que expus aqui, e por acreditar que pimpolhos tão pequenos não iriam aproveitar devidamente o local. Se cansariam logo.
Acima de 5 anos o passeio começa a ficar gostoso! Se seus filhos já tem uma idade razoável, eu super recomendo Los Roques!

Conheça a Caroline Wieser

Carol Wieser escreveu 164 posts para o TRAVEL FOREVER.

Criadora e editora do blog, adora colocar os pés na estrada! Está sempre planejando uma nova viagem. Sua Bucket List é enorme (e azul), dificilmente irá conhecer todos os destinos que deseja, mas continua esperançosa!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Tags: , , , , ,

11 Responses

    • Carol Wieser 19 de abril de 2012 às 23:21

      Oi CarolG :)

      A Martinica está ótima, e no quesito praia, já está melhor que a mãe. Adora água, sol, areia… pronta para logo logo ir a Los Roques com a mamãe ;)

      Super beijos

      Responder
    • Carol Wieser 19 de abril de 2012 às 23:24

      Alexandra,

      A sinceridade ao escrever sobre um destino é essencial para nós viajantes. Acho que esse é a melhor maneira de ajudar aos trips.
      E sim, Los Roques é um sonho (atingível) :)
      Beijos e obrigada pela visita!

      Responder
  1. Karla Alves Leal 26 de abril de 2012 às 22:59

    Se fosse só pela areia o Theo já estaria lá… mas também não teria coragem de levar um bebê para esse lugar.
    É lindo demais, um paraíso… mas mais para os grandinhos.
    Lindas fotos!
    E parabéns pelo post, bem sincero e completo.

    Responder
    • Carol Wieser 26 de abril de 2012 às 23:29

      Karla,

      As crianças pequenas acabam só sofrendo, e consequentemente os pais também não aproveitam o lugar como deveriam. Depois de grandinhas, ai simmmmmm, é uma delícia. Mas para bebês, falta estrutura =/

      Abs

      Responder
  2. Aline 19 de março de 2013 às 11:53

    Carol, acabei de conhecer seu blog e amei! Valeu mesmo pelas dicas. Acabo de desistir de conhecer Los Roques com a minha pequena rsrsrs. E olha que ela é maiorzinha (7 anos). Como vc disse, "a sinceridade ao escrever sobre um destino é essencial para nós viajantes. Acho que esse é a melhor maneira de ajudar aos trips". Valeu mesmo! Vou continuar explorando esse cantinho.

    Responder
    • Carol Wieser 2 de abril de 2013 às 11:44

      OI Aline,

      Obrigada pela visita. Mas não deixe de ir a Los Roques! Quando você achar que é a hora, leve sua filha sim… quam sabe daqui uns aninhos :)

      Abs

      Responder

Leave a Reply

XHTML: You can use these tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>