Vila Galé Marés – Resort All Inclusive | Guarajuba (Bahia)

Posted by & filed under Bahia, BRASIL, Guarajuba.

vgm_06

Acredite se quiser, mas essa é a primeira vez que me hospedo em um resort no Brasil! Estava na minha listinha faz tempo, mas como vocês sabem meu espírito aventureira sempre me desvirtua para destinos mais ousados 😀

Mas dessa vez não tive escapatória: ganhei do maridex um belo presente de aniversário com um merecido descanso all inclusive. O principal objetivo: recarregar as baterias. E apesar desse tipo de hospedagem ser ideal para famílias, dessa vez a filhota não foi junto não #snif

O hotel escolhido: Vila Galé Marés. Famoso resort all inclusive, localizado na Praia de Guarajuba, Distrito de Camaçari (Bahia). Fica a aproximadamente 40 km de Salvador, litoral norte, na famosa Costa do Coco.

Mas confesso que até agora estou me sentindo meio esquisita. É a primeira vez que faço uma viagem totalmente empacotada (via CVC) e sem planejamento algum. Nunca fui pra um destino sem passar horas pesquisando e escolhendo passeios pela net. Dessa vez não fiz nada disso, só embarquei com corpo presente 🙂

Chegamos no hotel na segunda feira (13/06/11), depois de uma viagem cheia de imprevistos, e apesar dos transtornos (aeroporto de Curitiba sem teto, voo cancelado e remarcado), aterrisamos em Salvador uma hora antes do previsto #vaientender

O translado aeroporto-guarajuba levou em torno de 45 min. e já estava incluso no pacote.

Ao chegar no Vila Galé Mares, tivemos uma explicação do local, recebemos um mapa e um encarte do Spa.

Bangalôs

O complexo é grande, são 200.000 m² de muito capricho, grama verde bem cuidada, muitas árvores e alguns lagos simpáticos. O resort possui 2 tipos de acomodações, apartamentos que estão divididos em 2 blocos localizados nas laterais, e os bangalôs que ficam espalhados por todo complexo. Nossa acomodação foi um apartamento superior. O quarto era muito bom, bem espaçoso, cama maravilhosa (super extra mega king size) e o principal, bem limpo. Aprovado 🙂

No centro está o atrativo principal, uma piscina de 3000 m², super bonita, com diferentes níveis de profundidade, bar molhado e tudo. Quando fomos, boa parte dela estava fechada para manutenção, (conserto de pastilhas que se soltaram), mas a piscina frontal estava a nossa disposição.

A animação ali é nota10, há recreadores que entretêm os hospedes com aulas de hidroginástica, axé, forró e brincam com o público geral oferecendo jogos aquáticos ou desafios diversos com premiações simbólicas. Não preciso nem dizer que música rola solta né? #axé

Logo a frente da piscina ficam as cadeiras de praia. Mas diferente de outros hotéis que já estive, as cadeiras não ficam na praia, mas sim sobre a grama. O mar na frente do complexo não é nada manso, pelo contrário, todos os dias estava bem agitado e impróprio para banho (bandeira vermelha).

A infra estrutura é bem completa. Possui boate, spa, academia, quadra de tênis, futebol, vôlei de praia, e espaço para as crianças (Aldeia Nep).

Área de recreação infantil - Aldeia Nep

Na boate todas as noites há uma programação diferente. Noite do Forró, Noite MPB, Noite Tropical, etc. Sempre com uma banda tocando ao vivo. Começa as 21h30 e termina as 23h30. Somente em um dia da semana (sábado), depois da banda, um DJ entra em cena estendendo o horário até aprox. 00h30 ou enquanto durar a animação dos hóspedes.

Boate

Há também um Spa dentro do resort que oferece serviços de manicure, cabeleireiro, pacotes de massagens e relaxamentos diversos. Fui visitar o espaço, mas não fiz nenhuma massagem pois achei os serviços oferecidos muito caros. O único preço razoável era de manicure e pedicure, o restante pesaria no bolso 🙁

Serviços do Spa

Como todo sistema all inclusive, a alimentação e bebidas está incluída. Existem 3 restaurantes no complexo:

Restaurante “Tenda dos Milagres”: É o principal, ali é servido o café da manhã, almoço e jantar. Tudo funciona no estilo buffet self service, com algumas ilhas complementares, que oferecem massas e pratos sugeridos. Para o jantar, cada dia há uma gastronomia temática, que varia entre culinária Nordestina, Asiática, Portuguesa e Internacional.

Restaurante Principal - Tenda dos Milagres

Restaurante “Inevitável”: Precisa ser reservado (até as 16h na recepção do hotel). É o restaurante mais “chique” do lugar. Funciona somente no jantar e serve culinária Mediterrânea. O cardápio é bem enxuto, com entrada, prato principal e sobremesa.

Restaurante Inevitável

Restaurante “Cravo e Canela”: Perto da piscina, durante o dia serve petiscos diversos para os famintos mergulhadores e a noite funciona a la carte. Também é necessário fazer reserva na recepção (até as 16h). Há duas opções de cardápios para o jantar, o menu Baiano que serve a comida típica local e a opção do menu Português.

Restaurante Cravo e Canela

Resumindo, a comilança rola solta o dia todo. Porém eu sou um pouco crica nesse aspecto. Pra mim não importa muito a quantidade e sim a qualidade. Há muita fartura no VGM, os buffets são enormes, com muita, muita, comida. Mas sinceramente não gostei muito da “qualidade” alimentícia que eles ofereceram. Tanto que várias vezes comemos fora do hotel, em restaurantes da redondeza, mesmo a refeição estando inclusa no nosso pacote.

Bebidas: Todas as bebidas estão inclusas. Desde o básico (refris, águas, sucos) a alcóolicas diversas (champagne, vinhos, cervejas, batidas, drinks, caipirinhas, etc). Há claro algumas limitações de variedades. Vinhos por exemplo, só existe um rótulo português disponível dentro do pacote e mesmo que você queira pagar extra, a carta de vinhos complementar é limitada a um único produtor (que por coincidência pertence ao mesmo grupo dos proprietários da rede que são Portugueses). O valor dos rótulos complementares iniciam em R$ 100,00. Uma observação importante, a água de coco é industrializada, eu aviso, pois eu imagina beber água de coco natural (já que estava indo pra Costa do Coco), mas ao saber que era industrializado, fiquei na caipirinha mesmo kkkk #trocajusta

Lobby do Hotel, lá atrás o bar...

Apesar de resorts serem feitos com o intuito de “ficarmos nele”, para os mais saidinhos, há algumas operadoras de turismo terceirizadas que oferecem Day-Tours para os hospedes. Na recepção do hotel, a CVC oferece passeios diversos. A operadora Porto Mar (sede perto da piscina) que oferece além dos passeios básicos (Salvador, Praia do Forte, Mangue Seco, etc), tem alguns tours mais ousados como voos panorâmicos, passeios de quadricíclos, snorkels, mergulhos etc.

Caso precise, também há Taxis disponíveis. Porém para usar tal serviço você precisa estar economicamente MUITO bem preparado. Dá um look na foto abaixo, tudo é MUITO caro. Na verdade, um absurdo, infelizmente qualquer viagem lhe custará uma pequena fortuna 🙁

Tabelas de Preços - Taxis e Tarifas

Falando em fortunas, outra exorbitância do VGM é o valor da internet. Primeiro que o serviço é cobrado #fail, segundo que o valor é de R$ 30,00 a diária, ou R$ 0,30 o minuto. Achei muito caro, o que impossibilitou o meu acesso ao mundo virtual durante toda a semana. Mas fui salva pela Nossa Senhora do 3G, que me permitiu tuitar algumas bobagens e compartilhar algumas fotinhas durante minha estada por lá. Ah, desde já agradeço todos os recadinhos postados no FB e Twitter no meu niver (17/06) 🙂

Mas apesar “todas” as minhas observações acima, o complexo é um belo custo-benefício. Especialmente para quem está viajando em família, com crianças. A infra estrutura é maravilhosa e o serviço não fica atrás. O Staff sempre com um sorriso no rosto e pronto para ajudar. Recomendo!

Conheça a Carol Wieser

Carol Wieser escreveu 165 posts para o TRAVEL FOREVER.

Criadora e editora do blog, adora colocar os pés na estrada! Está sempre planejando uma nova viagem. Sua Bucket List é enorme (e azul), dificilmente irá conhecer todos os destinos que deseja, mas continua esperançosa!

Veja também:

Tags: , , , , , , , ,

5 Responses

  1. Mauricio Oliveira 9 de julho de 2011 às 22:20

    Mto bom seu relato, viu? Dei boas risadas com a Nossa Senhora do 3G, rsrsrsrs

    Concordo com sua opinião sobre os preços praticados, principalmente em relação ao SPA. Achei caro tb, mas com certeza tem um público que utiliza estes serviços e precisam ser oferecidos.

    AInda não visitei o Resort, mas quem sabe na minha próxima visita a Bahia, ne?

    Parabens pelo review. Ficou otimo. 😉

    Adorei as panorâmicas!!!

    Responder
  2. carol garcia 11 de julho de 2011 às 3:59

    Oi Xará,

    Bom, sou super a favor de que os pais se lembre que são marido e mulher de vez enquando.

    a gente sofre por deixar a cria, mas é ótimo pra gente e até pros filhos.

    agora sobre resorts, nunca fui e confesso ter um certo preconceito pq a-do-ro explorar os lugares que visito, sou louca por pesquisar um roteiro e acho mesmo que vou enjoar pacas na mesmice…

    mas com criança…logo me rendo a um deles…

    bjocas

    Responder
  3. Guta 12 de julho de 2011 às 15:36

    Carol, antes eu ate tinha um pouco de preconceito do conceito de resort…ficar com aflição de não ter o que fazer, onde ir, mas depois de ir p/ Sauipe, eu nao tive problema nenhum em me acomodar na rotina: praia + refeição + piscina 🙂

    De vez em quando, principalmente quando o objetivo é descanso, um resort cai muito bem, pq, pelo menos comigo, depois de viajar, minha cabeça até pode voltar descansada, mas meu corpo fica quebradaço de tanto andar e ficar indo de um lugar p/ outro

    Responder
  4. Vanja Daniel 25 de março de 2015 às 12:36

    Adorei seu relato, viu? Ano passado fui pela 1° vez para um resort (Grand Palladium Imbassaí) e adorei simplesmente maravilhoso. Em maio vou para o Vila Galé, estava fazendo pesquisas na net para conhecer melhor o hotel. Seu relato ajudou muito, estou super ansiosa para chegar o dia.

    Beijos

    Responder

Leave a Reply

XHTML: You can use these tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>