Punta del Este: Experiências Gastronômicas

Posted by & filed under AMÉRICA DO SUL, Punta del Este, URUGUAI.

punta_31

O comentário geral quando se pesquisa sobre Punta del Este é que é uma cidade rica em sua gastronomia. Eu tive um pouco de azar. Achei tudo caro e não teve nenhum restaurante que pude dizer: puxa, que delícia, voltaria aqui mil vezes!!!!

No primeiro dia fomos num dos mais tradicionais restaurantes de Punta. Chama-se Lo de Tere: fica em frente ao Porto e está sempre lotado, mesmo com a cidade vazia. É especialista em vinho e tem uma característica especial: as quatro primeiras mesas ocupadas antes das 21h têrm 40% de desconto. Isso porque em Punta tudo acontece tarde: todos acordam tarde, a praia só lota depois das 15h e as pessoas jantam só depois das 22h.

De entrada pedimos um carpaccio de polvo, prato super lindo e diferente. Tinha como tempero um azeite de pimenta que dava um gosto peculiar. Como prato principal resolvi pedir uma carne uruguaia com crosta de sal. Meu noivo pediu um peixe muito apreciado no Uruguay, Merluza negra, preparado com amêndoas.

Tudo muito bonito e, claro, não era ruim. Mas também estava longe de ser inesquecível. Por sorte tivemos os 40% de desconto sem querer.
No segundo dia almoçamos num restaurante no porto, Kitty’s. Simpático, com vista linda e mais simples que o Lo de Tere. Era bom, mas também não era uma “Brastemp”.

Eu fui de Brótola com molho de mostarda, o peixe mais comum de lá.

Meu noivo foi de Brótola grelhado com legumes ao limão siciliano.

Nesse mesmo dia à noite resolvemos provar o que é mais tradicional no Uruguay, os famosos chivitos! Uma espécie de “x” salada, só que um pouco mais completo. Como eu não tinha levado nenhuma indicação de bom lugar para comê-lo, resolvemos ir numa lanchonete que parecia expert no assunto. Fica também em frente ao porto e chama-se Chiviteria Marcos, com uma grande fachada que chama a atenção.
Não recomendo. Desaprovo completamente: ruim, ambiente sujo e ainda por cima o dono que nos cobrou deu o troco errado. E o pior, no outro dia vi que até filial tem!!! Filial de coisa ruim? Detalhe: 60 reais para dois meros sanduíches, um absurdo!
Apesar disso, tenho certeza que esse deve ser um lanche maravilhoso, tivemos foi azar na escolha de onde comer.

Chivito

A escolha seguinte foi o Virazon. Ambiente descontraído, com um garçom super simpático e movimentado quando comparado aos outros. Resolvemos pedir apenas petiscos. Camarão ao alho e óleo e lulas a dorê. Decepção!! Até era gostoso, mas veio 8 anéis de Lula e uns 15 camarões pequenos. E também foi caro: com o valor pago dava para comprar 4 porcões aqui em Floripa num bom restaurante. Para acompanhar, bebemos Clericot, bebida parecida com um ponche (vinho e frutas) e muito difundida por aquela região #adoro

Na última noite tivemos uma ótima experiência, jantamos no restaurante do Mirante La Vista. A comida estava gostosa, o ambiente maravilhoso e a vista inesquecível – com um preço razoável que valeu a pena! Lá tomamos um delicioso vinho e comemos massa – muito bom. Ah…para completar, o restaurante é giratório, dá pra imaginar? #cuidadopranaotontear

A foto é durante o dia porque as que tirei a noite ficaram muito ruins. E só fomos jantar lá porque amamos a vista que tivemos quando fomos durante o dia. Ah…tinha música ao vivo, super romântico. Minha dica: não perca!

Para completar a orgia gastronômica, completávamos nossas refeições na sorveteria Freddo (na Gorlero) com o estonteante sorvete de doce de leite. Sem dúvida um dos melhores sorvetes do mundo, na minha opinião só perde para o Amorino de Paris #ficaadica.

Para finalizar, no nosso retorno passamos por Montevidéu e almoçamos por lá. Fomos no Hemingway. Fica na beira do Mar del Plata e recomendo em todos sentidos.

Dicas de outros lugares que não conseguimos ir, mas que pesquisei e pareceram muito interessantes:

  • Churros do Manolo: durante a temporada dizem ter fila por lá. Fica na esquina da Gorlero com a Las Gaviotas.
  • La Huella, parador na praia José Ignácio. Parece que é super disputado na temporada. Passamos pela frente dele e é uma gracinha. Fica próximo do farol que tem lá.
  • Las Cumbres, hotel que fica um pouco antes de Punta, para quem vem de Montevidéu. É famoso pelo seu chá de tarde e belíssimo pôr-do-sol. Para mim, foi a parte triste da viagem. Em meu roteiro este pôr-do-sol estava classificado como imperdível. Fui até lá e estava fechado para reforma. O hotel tem o selo Condé Nast Johansens, guia de luxo que faz indicações em vários países e listas dos mais luxuosos hotéis que há.. Parece que no Brasil apenas 4 hotéis tem o selo, sendo um deles o Ponta dos Ganchos, em Governador Celso Ramos, SC.
  • L’Incanto, próximo do hotel AWA. Comida variada, ambiente bonito. Estava fechado quando tentamos ir.
  • Sipan, comida peruana. Estava louca de vontade de ir lá comer um ceviche, mas claro, estava fechado. É uma filial do famoso Sipan de Buenos Aires.

Ah…essa semana, coincidentemente, chegou a revista Hola! com uma reportagem sobre o Richard Gere, que esteve em Punta del Este. Ele passou uns dias lá, e, adivinhem, visitou José Ignácio e saboreou a culinária do Parador La Huella, que citei acima.
Vejam:

Nossas experiências gastronômicas não foram das melhores. Mas hoje, ao conversar com uma amiga que é do Uruguai, descobri o porquê disso quando ela falou: “Você foi pra Punta comer frutos do mar?? Lá se come carne, o camarão vem de fora!!!” Talvez ela esteja certa!

Textos e Fotos: Vanessa Thiesen

Conheça a Vanessa Thiesen

Vanessa Thiesen escreveu 32 posts para o TRAVEL FOREVER.

Colaboradora do blog, tem paixão por tudo que se relaciona a viagens: adora o antes, o durante e o depois de todas elas. Sua perdição é perder-se pelas cidades que está descobrindo. Contato: vanessa@travelforever.com.br

Veja também:

Tags: , , , , , ,

9 Responses

  1. claudia liechavicius 29 de maio de 2011 às 12:44

    Oi Carol

    Revivi bons momentos com esse post.

    Os restaurantes de Montevideo são realmente fantásticos. Fui à vários que você cita. Muito doce de leite, muito peixe, muitas carnes grelhadas. Fiquei hospedada no hotel Los Cumbres. É maravilhoso!!! O por do sol é imperdível, realmente. Acho que vc terá que voltar.

    Beijos

    Claudia

    Responder
    • Carol Wieser 1 de junho de 2011 às 7:26

      Claudia,

      Preciso ir conhecer Punta, e claro, conhecer tudo que a cidade tem a oferecer também. A Vanessa, minha amiga que escreveu esse post, gostou bastante de lá, infelizmente fiquei aqui só babando 🙁
      Mas nem sempre as experiências são positivas, mas isso faz parte do roteiro certo? Por isso que gostamos de viajar, conhecemos de tudo um pouco e avaliamos no final 😉

      Beijus

      Responder
  2. claudia liechavicius 29 de maio de 2011 às 12:46

    Carol,

    Errei a cidade. Escrevi Montevideo, mas é Punta. não sei onde estava com a cabeça.

    Acho que é por estar irritada com os espaços entre o texto e as fotos do blog que não consigo controlar desde que deu aquela pane e perdi um post inteiro.

    Bj

    Claudia

    Responder
    • Carol Wieser 1 de junho de 2011 às 7:18

      Oi Claudia

      Panes no blog é ruim né??? Eu também estou com um problemão no meu. Fazem uns 2 meses que meu blog sumiu dos mecanismos de buscas do Google, já revirei de ponta cabeça e até agora nada das minhas estatisticas voltar. Dá uma agonia né? Espero que você consiga consertar o blog, se precisar de auxilio eu posso tentar ajudar, mas já adianto que sei apenas o básico 😉

      beijos

      Responder
  3. Camila Navarro 1 de junho de 2011 às 14:41

    Eu comi muito fast food em Punta del Este, por causa dos preçso mesmo. rsrs Mas não abri mão dos sorvetes uruguaios! Em qualquer cidade, em qualquer sorveteria, eles eram maravilhosos! E é claro que minha escolha era sempre o de doce de leite! 🙂

    Responder

Leave a Reply

XHTML: You can use these tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>