Punta del Este – Areia e Gloss

Posted by & filed under AMÉRICA DO SUL, Punta del Este, URUGUAI.

punta_01

Não, esse blog ainda não foi largado totalmente a própria sorte, risos. Apesar de eu estar viajando pouco ultimamente, assuntos atrasados para postagens é que não faltam. O que me falta mesmo é tempo para colocar tudo em dia. Como todos sabem, manter um blog requer muita dedicação e ultimamente as minhas “energias” estão focadas em uma única postagem permanente intitulada Martina! 🙂

Por conta disso, nesse período atribulado, algumas amigas queridas estão me dando uma forcinha e gentilmente cedendo experiências de viagens para compartilhar aqui no TF. Estou adorando essa nova experiência e feliz ao descobrir que suas postagens estão ficando cada vez melhores! Estou até com medo de perder o posto de vez neste blog… risos. Então abaixo segue a primeira parte da viagem da Vanessa Thiesen a Punta del Este, os textos estão recheados de dicas para vocês aproveitarem! QQ dúvida, usem a caixa de comentários!

Punta del Este –  Areia e Gloss (parte 1)

Oi pessoal! Eu aqui de novo…
Após os posts que fiz sobre Santorini, estou aqui para dar algumas dicas e falar sobre nossa última viagem: Punta del Este, no Uruguay.
Sabe aquele tipo de viagem que não é para descansar e sim para cansar? Então…foi uma viagem bem curtinha, de 4 dias. Mas era a nossa intenção e, apesar dos poucos dias, conseguimos conhecer quase tudo que pretendíamos. Apenas um arrependimento: não ter reservado mais uns 2 ou 3 dias para Montevidéu. Na volta conhecemos a praça central e a avenida “beira-mar” deles e nos encantamos…

Quanto ao título, Areia e Gloss, ele procede. Afinal, em pleno Uruguay, quase no extremo sul das américas, temos um dos dez maiores balneários de luxo do mundo: luxo, muito luxo!  Seria a Cote D’azur das américas?? (em breve, se a Caro permitir, estarei na Cote D’azur de verdade e posso trazer notícias diretamente de lá). >>>Resposta da Carol: Mais que permitido Vane!!!)

A cidade impressiona com suas mansões enormes, sem muros e com jardins super bem cuidados. Tem momentos que você esquece que está numa cidade do litoral e pensa que está numa cidade dos Estados Unidos, naqueles bairros chiques, organizados e super arborizados. Há quem possa querer comparar com Jurerê Internacional, de Florianópolis. Acho que até tem algo parecido, pois as casas não são muradas e são muito procuradas por quem quer badalação e status, aqueles que querem ver e serem vistos… De resto, não é parecido não. Jurerê é infinitamente menor e com 1% das opções que podemos encontrar em Punta. Agora, se compararmos Punta com Florianópolis, tudo muda de figura (risos).

Além de Punta, agora é moda José Ignácio. Praia super pacata, distante uns 25 km do centro, com direito a estradas de chão, farol próprio e muita simplicidade. Dizem que é pra lá que os mais ricos e famosos vão agora…Sim, dizem que os famosos invadem a cidade, famosos bilionários, diga-se de passagem.

Como chegar:
A forma mais fácil é ir de avião até Montevidéu. A empresa Tam opera esse voô. Os valores variam muito de acordo com a época. O que me impressionou muito foi o aeroporto de Montevidéu (Carrasco), super moderno e bonito.  Ele dá um show quando comparado aos nossos tupiniquins #ficaadicaaosgovernantes

De Montevidéu até Punta del Este é um pouco mais de 100Km, a estrada é tranquila e é super bem sinalizado. Também há a opção de fazer um translado entre as cidades, mas sugiro fortemente que se alugue um carro. Punta sem carro não funcionaria! Alugamos um econômico pela Avis e saiu U$70,00 a diária com seguro total incluso. Levamos GPS, que não funcionou, mas no final nos viramos sem ele e deu tudo certo. Acabou que o iPhone quebrou um galho com os mapas e seu quase GPS.

Punta del Este - lá vamos nós!

Quantos dias:

Fui em baixa temporada, por isso só posso falar a respeito dessa época. Para conhecer a cidade 3 dias são suficientes. Agora, se for verão e o objetivo for praia e festas aí a história muda de figura hehe.

Quando:
A alta temporada estende-se de dezembro a março. Nessa época a cidade passa de 20 mil habitantes para quase 200 mil, com direito a congestionamentos e tudo mais. Após esses meses a cidade MORRE! Isso mesmo, a cidade fica deserta. Quando chegamos (maio de 2011) foi um pouco assustador: ruas vazias, restaurantes com poucas mesas ocupadas e os prédios super altos com nenhuma luz acesa. Apesar disso, conseguimos nos divertir e descobrir como é a cidade. Caso você goste de agito, não vá fora de temporada.

Centrinho da cidade: bonito, limpo e vazio (fora de temporada)

Compras:
O centro é super pequeno, dá para fazer tudo a pé tranquilamente. Há diversas lojas luxuosas e parece que você está na Europa, naquelas grandes avenidas da moda com um monte de lojas de grifes internacionais. Essa região de comércio resume-se a duas ruas: Gorlero e Calle 20, que são paralelas. Há também o Shopping Punta, que não recomendo: nenhuma loja legal, feio e pequeno.

Centro da cidade

Bom, por hoje é só pessoal. Nos próximos posts vou  falar sobre hospedagem, gastronomia e onde ir. Fiquem ligados e até mais 🙂

Textos e Fotos: Vanessa Thiesen

Conheça a Vanessa Thiesen

Vanessa Thiesen escreveu 32 posts para o TRAVEL FOREVER.

Colaboradora do blog, tem paixão por tudo que se relaciona a viagens: adora o antes, o durante e o depois de todas elas. Sua perdição é perder-se pelas cidades que está descobrindo. Contato: vanessa@travelforever.com.br

Veja também:

Tags: , , , , ,

Leave a Reply

XHTML: You can use these tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>