Explorando Santorini por Vanessa Thiesen: Parte II

Posted by & filed under EUROPA, GRÉCIA, Santorini.

Santorini

Pra quem ainda não sabe, a Vanessa está me dando uma mão (em formato de texto) sobre o assunto “Europa” aqui no blog. Pra quem ainda não viu seu primeiro texto sobre Santorini basta cliquar aqui. Pra quem já leu, segue a continuação da série abaixo. Enjoy!!!

Explorando Santorini por Vanessa Thiesen: Parte II

Depois de chegar em Santorini, me instalar, alugar meu quadriciclo e saracotear bastante pelo centro, chegou a hora de conhecer um pouco mais da ilha. Para me abastecer, geralmente eu optava por algo que descobri em Athenas: Pita Gyros. Acho que posso descrevê-lo como um “sanduiche” , ou melhor, um fast food grego: pão tipo pita, carne (souvlaki), cebola, tomate e molho tzatziki (por sinal, maravilhoso). Adorei essa iguaria e confesso que foi o que mais comi por lá.

Em Santorini não tirei foto do Pita Gyros, mas em Athenas sim:

Eu + Pita Gyros + Mosca no meu rosto e um famoso pyta gyro no bairro de Plaka em Athenas

Perissa e Kamari:

Essas duas praias são as mais populares de Santorini. Fica no sudeste da ilha de Santorini a aproximadamente 10 km do centro.  Sâo muito lembradas por possuírem agito noturno com boates e bares variados – acho que  “cosmopolita” as define bem. Além disso, são lindas durante o dia, têm água cristalina e surpreendem com sua areia preta…e escaldante. Para completar, são protegidas do vento que vem do Mar Egeu e contam com ampla estrutura hoteleira.

Como mencionei acima, a areia é  preta e isso ocorre devido a origem vulcânica e, por essa razão, concentra muito calor: recomendo que levem calçados e não os tirem para caminhar…Com isso, as duas praias oferecem alguns pontos com passarelas de madeira que nos levam até os guarda-sóis  – que ficam lá sempre e estão à disposição. Quando fui não era temporada, então não tinha de pagar para usá-las. Porém, acredito que no pico do verão deva ter alguma taxa para uso.

Em Kamari, praia super descontraída, com comércio local e muitos bares legais, resolvi almoçar. Os restaurantes são aconchegantes e escolhi um prato de camarão  que vinha com quase uma salada grega junto, pois tinha tomate, queijo e pepino.

Delícia!

Um charme, com direito a lavanda e tudo

Areia vulcânica

Perissa

Red Beach:

Fica ao sul da Ilha de Santorini.  É assim conhecida por ter as rochas vermelhas. Junto delas: areais preta + mar azul intenso = beleza extrema!!A praia é muito bonita e bem pequena. É preciso cruzar uma trilha de uns 200 metros sob rochas para chegar até ela. Na entrada dessa “trilha” há uma linda igreja branquinha, como sempre o são por lá.Apesar de bonita, não há lá mais nenhuma atração além da paisagem: sem bares, sem lojas e muito menos para onde avançar. De qualquer forma, super recomendo a visita.

Red rocks (chilli peppers?!)

A igreja na entrada da praia

Eu feliz em Perissa e a Red Beach

Vulcano:

Para chegar até o vulcão é preciso pegar um barco no porto de Fira que levará até uma ilha: lá fica a cratera. Não fica longe e o passeio é bem tranquilo.

Eu + barco ao fundo que nos levou ao Vulcão + Santorini ao fundo + mar maravilhoso = Satisfação Visual

Para chegar até a cratera é preciso fazer uma trilha de aproximadamente 30 minutos: vá de tênis. Chegando ao topo, você consegue avistar alguns pontos  de vapores quentes e sulfurosos, mas nada perto do que se espera de um vulcão (risos). Mesmo assim, é legal conhecer e a vista de Santorini estando fora dela é espetacular! Não há vegetação no local e, segundo um guia de viagem que li antes de ir pra lá, lembra o inferno descrito no livro de Dante Alighiere.

A vegetação inexistente de lá e a baía com água quente.

Faz parte do passeio uma parada para banho numa baía de águas quentes (que variam de 30 a 35 graus C). A cor fica estranha por ser sulfurosa e dizem ter efeitos curativos e relaxantes (??). O problema foi enfrentar o mar frio e azul até chegar no mar quente e mostarda?!

Oia:

No outro extremo da ilha de Santorini, fica Oia – pronuncia-se “Ia”. Essa vila é famosa porque dizem que lá se vê o pôr-do-sol mais lindo do mundo. Realmente acredito que seja. É espetacular a visão que se tem e muito comovente ver um aglomerado de pessoas esperando nossa grandiosa estrela se pôr. Tenho a certeza que minhas fotos não retratarão a beleza que se vê lá.

Não bastasse ser conhecida pelo pôr-do-sol TOP 1 do mundo, ainda é uma vila super graciosa e muito apreciada pelos hotéis chiques, bistrôs e fama de ser também o melhor ponto para se hospedar. Tudo lá é um charme: desde as ruelas floridas até os restaurantes que parecem flutuar sobre o mar. Oia realmente é TUDO!

Anciet Thira:

Pertinho da praia de Kamari há uma montanha imensa. Chegando lá em cima, nos deparamos com a Thira Antiga. Lá era a capital da ilha e as escavações mostram as ruínas que datam de 600 anos a.C. Parou para pensar? É muito tempo!!!

A entrada, já no alto da montanha

Lá podemos ver ruínas de uma basílica cristã, palácios de governos, tribunas, templo de Dionísio, praças, ginásios, grutas, etc. Não se animem: apenas ruínas que você descobre o que eram devido às descrições. Além disso, há a maravilhosa vista, com Kamari à esqueda e Perissa à direita.

Ruínas:

Com certeza vale a pena o passeio, pois é uma visão totalmente diferente da cidade: outras cores, outros ângulos e outra idéia do que já foi Santorini um dia!

E, para quem quiser, a ilha oferece muito mais: vinículas, os apetitosos tomates cerejas, as deliciosas azeitonas, história secular, museus, arquitetura, passeios específicos para quem quer pescar e muito, muito romantismo para quem está em lua de mel.

Sobre Santorini, é isso! A primeira parte dessa viagem, está aqui! Espero que tenham curtido.

Beijos,

Vanessa

Conheça a Vanessa Thiesen

Vanessa Thiesen escreveu 32 posts para o TRAVEL FOREVER.

Colaboradora do blog, tem paixão por tudo que se relaciona a viagens: adora o antes, o durante e o depois de todas elas. Sua perdição é perder-se pelas cidades que está descobrindo. Contato: vanessa@travelforever.com.br

Veja também:

Tags: , , , , , , , , , , , , , ,

17 Responses

  1. Juliana 2 de março de 2011 às 20:08

    wow! Que bom que eu tive esse tempinho livre e pude dar uma passadinha aqui na GRÉCIA !!! 🙂
    Que azul !!!
    Adorei, a viagem nem foi cansativa, muito pelo contrario!
    Breve vou aproveitar os outros roteiro!!
    Abraço

    Responder
  2. Fabiana 4 de março de 2011 às 19:19

    Oi Vanessa!

    Que delícia de viagem. O contraste das cores é fantástico! Até a aridez das terras vulcânicas ficou linda com esse mar azul ao fundo.

    Oi Carol!

    Sua ajudante em Europa está se saindo muito bem.

    Acabei de ler também o post sobre o cemitério. Fotos legais, mas não é o meu passeio preferido. Quando estive em Buenos Aires visitei né, afinal… A Recoleta é um bairro bem interessante. O melhor sorvete que tomei na cidade foi lá (pena que não lembro o nome da sorveteria, mas fica próxima à livraria El Ateneo).

    Um beijo, Fabiana

    Responder
  3. Vanessa Thiesen 13 de março de 2011 às 21:36

    Oi Fabiana, obrigada 🙂

    O contraste é realmente fantástico, de chorar de tão lindo e grandioso que tudo é. Estou planejando a próxima viagem pra Europa e estou louquinha para adicionar Grécia no roteiro novamente, vamos ver.

    Cláudia, visitei seu blog: maravilhoso!

    Bjos,

    Responder
  4. Danielle 4 de junho de 2013 às 7:51

    Olá Vanessa,
    Fiquei encantada com as dicas e as suas fotos. Eu estou indo para Grécia mês que vem para me casar em Santorini e estou muito ansiosa por este momento. Estamos planejando há muito tempo esse momento.
    Eu encontrei uma operadora em Atenas que atende brasileiros, chama-se Turismo Grecia.
    Obrigada pelas dicas!
    Abraços,

    Responder
    • Vanessa Thiesen 5 de junho de 2013 às 23:00

      Que sonho Danielle! Quero muito um dia voltar à Santorini com meu marido! É muito gostoso conhecer a ilha toda! Não deixe de alugar um carro ou quadricio!
      E tenho certeza, seu casamento será um sonho!

      Responder
  5. Tina 9 de junho de 2013 às 23:36

    Oi Vanessa, vou sozinha para a Grecia dia 20/10 e quero conhecer Santorini, mas estou na dúvida se me hospedo em Fira ou Oia. Aonde vc acha melhor?
    Como todo mundo diz que não há transporte público na ilha, gostaria de saber como foi tua experiencia em dirigir o quadriciclo? e se em outubro não estará muito frio para usá-lo?

    kiss

    Responder
    • Vanessa Thiesen 10 de junho de 2013 às 11:12

      Oi Tina!!
      Eu fui em outubro também. É friozinho, mas não muito, dá para se virar bem. Nas fotos vc pode ver, usava uma blusa e só. No dia que subi ao topo de um morro (ancient Thira) tinha muito vento, entao usei uma jaqueta também. No sol é gostoso, as vezes da para tirar a blusa de lã….

      Eu me virei super bem com o quadriciclo, basicamente é acelerar e freiar, bem gostoso – adorei e recomendo.

      Quanto à onde ficar:
      Oia é linda, mas fica mais afastada de tudo, num dos extremos da ilha – como vc vai querer conhecer todos pontos da ilha, tudo será mais longe – a estrada para essa praia é mais chatinha, com muitas curvas, etc.
      Fira é o centro da cidade, tem bastante comércio, mais agito e é onde fica o porto. Foi onde me hospedei. A grande vantagem é: fica no meio da ilha – então tudo fica mais perto.

      Se tiveres outras dúvidas é só falar. Vc ja olhou o outro post que tem sobre Santorini?

      Bjo e aproveite – tenho muitas saudades desse lugar!

      Responder
  6. Zellany 21 de junho de 2013 às 18:29

    Oi Vanessa tudo bem?! Queria te confessar q estou apaixonada por santorini e com uma vontade imensa de conhecer. Ela esta na minha lista de próximo destino e acho q esta na primeira posição…rs Já li e reli varias vezes seus posts e vou precisar de mtas mtas dicas. Bjao

    Responder
  7. Milena 28 de agosto de 2013 às 20:22

    Ei Vanessa, td bem? Vi que vc foi a Santorini em Outubro e gostaria de saber se durante o dia dá pra entrar na piscina ou o frio não permite??? Que temperatura vc pegou lá nessa época? Foi na primeira quinzena ou segunda?? Obrigada!!

    Responder
    • Vanessa Thiesen 30 de agosto de 2013 às 13:27

      Oi Milena

      Eu fui em outubro, acho que na primeira quinzena. E não, não tinha como entrar na agua, o sol era gostoso mas na sombra bastante frio. Entrei no mar somente quando fui ao vulcão e tive que ir nadando das aguas geladas até chegar na parte das aguas sulfurosas, onde era quente e amarela a agua. Acredito que não deva mudar muito na segunda quinzena, mas o tempo é aquela coisa, sempre muda!
      Espero ter ajudado!

      Bjos,
      VAnessa

      Responder
  8. jose mario 6 de abril de 2015 às 12:42

    olá, estou indo em lua de mel agora em setembro para santorini, mas estou na dúvida de quantos dias seriam interessantes de ficar somente por lá…
    Não queremos muitas mudanças entre ilhas, e sim ficar mais sossegados, namorando, mas me preocupa o fato de santorini, pelo que entendi, não ter praias tão bonitas assim….
    a princípio programamos uma semana por lá…
    aguardo seus comentários, muito obrigado

    Responder
    • Vanessa Thiesen 7 de abril de 2015 às 17:36

      Tem muitas praias, lindíssimas! Explorar a ilha toda é a melhor coisa que se pode fazer. Com uns 4 ou 5 dias vc consegue conhecer tudo… e pode usar os outros dias para curtir praia e hotel.
      Nao posso garantir agua quente, mas beleza..ah, garanto sim 🙂

      Bjos,
      Vanessa

      Responder

Leave a Reply

XHTML: You can use these tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>