Hospedagem, nem sempre a gente acerta!

Posted by & filed under AMÉRICA DO SUL, BRASIL, Morretes, Paraná.

Mor_01

Estávamos a toa num desses finais de semana aqui em Curitiba, meio entediados, quando tivemos uma daquelas idéias (que eu adoro) de última hora. Em pleno sábado resolvemos descer para Morretes e dormir por lá. Há tempos vinha querendo me hospedar em uma das famosinhas pousadas que via na internet 🙂

Sabe que uma das coisas que eu adoro conhecer é pousadas. Depois que inventaram esse tipo de hospedagem, dou preferência para uma bela e aconchegante pousadinha ao invés de um hotel gigantesco… e quanto menor a pousada, melhor. Quanto mais charmosa, mais encantadora. Quanto mais familiar, mais acolhedora. Adoro chegar em lugares onde o próprio dono recebe, conversa contigo, deixa você a vontade. Uma coisa que aprendi (mas nem sempre aplico) é que pousadas indicadas são mais acertadas que pousadas garimpadas. Tenho essa mania de ficar procurando, garimpando pela net. As vezes acerto na garimpagem, já tive ótimas surpresas pousadísticas em minhas jornadas, mas em compensação já cai em cada bomba também… ulalá. Nem sempre o que o site mostra é o que você encontra no local. Pela net tudo parece tão bacana, tão arrumado, tão maquiado… Mas não é online que a gente consegue perceber os detalhes que são crusciais para uma boa estadia. Higiene por exemplo, é uma coisa que eu considero imprescindível e isso a gente não enxerga nas belas fotos ilustradas no portal. Outra coisa muito importante para a felicidade dos hospedes é a alimentação que o local oferece. Não há nada mais desanimador que acordar imaginando um belo café da manhã e ao chegar no restaurante dar de cara com aquele bolo abatumado, um pão amanhecido, affffff….

Mas voltando ao passeio, descemos no final da tarde de sábado e chegamos na pousada escolhida. Fizemos o check in e fomos para nosso quarto. Como de costume, tenho a mania de largar minha bagagem e sair correndo para dar uma voltinha de reconhecimento local. Mas já era meio tarde, consegui ver a pousada apenas acompanhada pelas luzes artificiais. A localização é muito bacana, o estilo é rústico, bem decorada, arborizada e tem uma infra-estrutura bem legal. Mas não foi nessa minha voltinha que pude perceber alguns detalhes desagradáveis. Ao voltar pro quarto comecei a reparar nos detalhes, o cheiro de mofo começou a me incomodar (e sabe que mulher grávida sente odores pacas), a limpeza deixou a desejar (principalmente no banheiro) e os lençóis, esses estavam úmidos :shock:… Imagine a minha decepção! 😥

Olhe, eu não sou chata não, nunca fui e não é qualquer poeira ou teia de aranha que me incomoda. Mas tem certas coisas que não gosto e nem espero encontrar. Eu imagino que, quando o proprietário opta em ter uma pousada e cobrar caro pela diária, o serviço OBRIGATORIAMENTE precisa ser de primeira. Isso se chama custo x benefício. Não me importo em pagar caro, mas o retorno precisa ser no mínimo surpreendente. Assim como a limpeza e a alimentação precisam estar em dia. Nossa janta foi um desastre, um buffet com uma 5 variedades de pratos, mas nem pela quantidade, o problema é que a comida era bem sonsa mesmo, daquelas que se come em qq restaurante a quilo meia boca em Curitiba. Cadê o diferencial? Bom, quem sabe no café da manhã? …vixi pior ainda, a louça estava suja e tinha até pão estragado (aquele tipo azedo-fermentado). Inadmissível.

É uma pena, o lugar que escolhemos tinha tudo para ser bom. É bonito, tem piscina ao ar livre, piscina interna aquecida, jacuzzi, sala de jogos e outras coisinhas mais. Mas infelizmente por conta desses detalhes essenciais a gente não teve ânimo para aproveitar como deveria 🙁

Valor que pagamos pela da diária da pousada: R$ 380,00
Suíte com hidro e lareira, pensão completa.
Local: d

UPDATE: Porque ocultei o nome da Pousada?
Bom, deixei esse post na íntegra durante 1 ano. Por conta própria resolvi editar a minha crítica, acreditando na possibilidade que as pessoas e lugares possam mudar. Vai que essa Pousada mudou? Seria injusto da minha parte deixar um review negativo por 10 anos aqui. Então deixo aqui sim minha experiência, pura agora, sem menções ao local (apenas algumas fotinhos). Só espero que durante esse ano, a gerência do local tenha lido e se empenhado em melhorar. Os próximos hospedes agradecem 🙂

Conheça a Carol Wieser

Carol Wieser escreveu 165 posts para o TRAVEL FOREVER.

Criadora e editora do blog, adora colocar os pés na estrada! Está sempre planejando uma nova viagem. Sua Bucket List é enorme (e azul), dificilmente irá conhecer todos os destinos que deseja, mas continua esperançosa!

Veja também:

Tags: , , , , , ,

29 Responses

    • Carol Wieser 28 de março de 2010 às 18:21

      Silvia,

      No check out respondi ao formulário de satisfação e dei minha nota baixa para os quesitos acima…
      Mas sinceramente não acho que fez ou fará grandes diferença, pois durante toda a estada ninguém se importou muito com nossa satisfação mesmo.
      Era nítida a falta de gerência local, um exemplo, quando alguém se levantava da mesa do bar, nem sequer passavam um pano na mesma para garantir que os próximos hóspedes tivessem um local descente e limpo para fazer um snack ou tomar um drink 🙁

      O Maridex saiu muito indignado de lá… e eu também claro.

      Responder
  1. Fabiana 1 de abril de 2010 às 11:01

    É, Carol, tem coisas que são imprescindíveis: banheiro e limpeza. Na minha opinião não dá pra perdoar. Certa vez escolhi uma pousada em Morro de São Paulo pela net. Parecia um charme, descrição encantadora… fotos lindas, vista deslumbrante da varanda… Quando chegamos pecava na limpeza do quarto e o banheiro. Que nojo. Trocamos de hospedagem. Neste caso não ia dar mesmo. É uma pensa…

    Responder
  2. Arthur 2 de abril de 2010 às 8:15

    É uma pena. Engraçado, nesse último FDS fui a Búzios e a reserva foi em cima do laço, na quinta. A única pousada-hotel que tinha vaga era a Mykonos. O que tinha de reclamação no booking.com sobre a limpeza dos quartos, mau atendimento, etc, deu medo. No entanto, achei muito legal o hotel. Não tive problema nenhum. Talvez pela expectativa zero, mas de fato o quarto era limpo, amplo, o atendimento muito bom… Enfim.

    Abs!
    .-= Arthur´s último post blog ..Búzios Twitter (em 140 caracteres) =-.

    Responder
  3. Lu Malheiros 6 de abril de 2010 às 20:53

    Carol,

    Muito chata essa experiência! Eu,mesmo não estando grávida, não aguento mofo por conta da asma + rinite.

    Vou para Curitiba dia 21 e volto dia 25. Vc acha que é ruim pegar o trem para Morretes na quinta? Ou é melhor ir no sábado? Não estou pensando em dormir lá, não.

    Bjs,
    .-= Lu Malheiros´s último post blog ..Belize por um mexicano/carioca =-.

    Responder
    • Carol Wieser 14 de abril de 2010 às 7:53

      Oi Lu,

      Morretes é gostoso em qq dia, mas nos finais de semana o lugar enche de turistas e por conta disso alguns detalhes charmosos são típicos domingueiros como aquela feirinha na praça, a movimentação do pessoal tomando banho de rio, os restaurantes bem movimentados etc… Bom, se eu pudesse dar apenas um conselho esse seria de descer em um dia ensolarado, mas como aqui em Curitiba isso é impossível de prever, melhor marcar a sua passagem de trem sem se preocupar muito com o tempo.

      Beijos

      Responder
  4. Margarida 13 de abril de 2010 às 15:55

    Pronto…esta já não vai para a minha listinha de Hoteis e Pousadas…hehe… problema com limpeza e comida é decisivo para mim! Mas pelas suas fotos até que nem parece muito má…

    beijinho

    Responder
  5. Selma 23 de abril de 2010 às 17:14

    Oi,

    Fizemos uma pre-reserva hoje para o Hakuna Matata, mas agora, depois de ler o seu post, estou assustada… Ligamos tambem para o Santuario Nhundiaquara, mas como parece mais simples, e vamos levar um casal da familia, que e' estrangeiro, achamos melhor optar pelo mais caro… Mas no Santuario o funcionario parecia bem mais profissional, bem informado e eles nao cobram a diaria para o meu filho, de 5 anos. Agora, estamos na maior duvida.

    A viagem acontece em maio e como vamos ciceronear, queria que tudo saisse perfeito.

    De qualquer forma, valeu pela informacao. Esse tipo de review e' super rara aqui no Brasil

    Obrigada!

    Responder
    • Carol Wieser 27 de abril de 2010 às 17:25

      Selma,

      É dificil né… nunca me hospedei no Santuário então não sei lhe dizer como são as coisas por lá, já ouvi as mais diversas opiniões, mas ainda não tive a oportunidade de testar. Só sei que o lugar é lindo, assim como a Hakuna também é.

      Mas, como já escrevi, em relação ao custo e benefício, não acho que a Hakuna Matata valha o investimento… só se eles mudarem (radicalmente) até maio, o que eu acho difícil 🙁

      Quem sabe você testa também e depois volta me dar um feed back, seria interessante…

      Abs

      Responder
  6. rf 2 de setembro de 2010 às 11:58

    já fui lá, realmente esperara coisa melhor, pelo site parecia uma maravilha, meu filho nem pode brincar nos brinquedos, a cama elastica estava toda torta, a balança totalmente enferrujada e as casinhas cheias de aranhas..

    poxa foi decepcionante mesmo, sem contar nas hidros porcamente sujas, eca

    Responder
  7. roberto 4 de setembro de 2010 às 8:17

    relação custo X benefício 1
    estrutura 5
    chalés 3
    comida 6
    atendimento 3 (somente a recepcionista é simpática e atenciosa)
    preço 0
    higiene 0
    piscinas 3
    roupa de cama 2
    !!foi decepcionante!!

    Responder
  8. Lucelia 14 de setembro de 2010 às 22:58

    Olá li seu cometario sobre a Pousada Hakuna Matata antes de ir para la.
    E juro fui preocupa, mas vc continua com razão.
    A comida era como vc descreveu, a limpeza dos quartos tbem deixava muito a desejar. Os funcionarios sem nenhum treinamento e com pouca educação. O café da manhã continua um desastre. E o preço realmente muito salgado.
    E voltei de lá falando para amigos e parentes que nunca se hospedem lá. E não sei que futuro aquilo lá terá se continuar como está.Um local muito bem planejado mais com uma administração decadente.

    Responder
  9. Carol 31 de outubro de 2010 às 11:56

    Na próxima vez experimente a EstÂncia Maktub http://www.estanciamaktub.com.br, a melhor pousada de Morretes, e olhe que eu já estive em várias.
    A pousada fica a 100 metros do santuário Nhundiaquara, é a única pousada beira rio de Morretes e não tem cheiro de Mofo.
    PS: com uma comida mediterranea MARAVILHOSA

    #ficaadica

    Responder
  10. João Carlos 26 de janeiro de 2011 às 8:05

    A Hakuna Matata realmente é isso como vocês falaram. Eu sou aqui de Morretes e a pousada só tem fama por causa de seus donos. Ela é cara pra xuxu e geralmente quem vai lá são conhecidos dos donos por isso ninguém reclama. Morretes tem várias pousadas excelentes, como o santuário Nhundiaquara. Não vale a pena ir na hakuna matata.

    Responder
  11. Francieli 7 de abril de 2012 às 15:45

    AAAFFFFF não acredito… eu tenho reserva pra justamente esse quarto nessa pousada, não tenho duvida pelos detalhes do quarto e localização. Reserva para o proximo final de semana 14 04 12……….eu escolhi pra ser o melhor. Não sei o que fazer….

    Responder
  12. Jean Carlo 11 de abril de 2012 às 20:07

    Tenho certeza que não é bem assim, acredito que foi em uma época de mal gerenciamento, pois todas as vezes que lá estive me diverti muito… A qualidade em todos os sentidos e setors foi boa!!! Peço que visitem novamente este verdadeiro Paraíso, e tirem suas conclusões definitivas! Bjo a todos!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    Responder
  13. Katia Birke 30 de outubro de 2012 às 12:44

    Fui em outubro de 2012 e realmente o local é decepcionante.Não deu para usar nenhuma piscina e tudo estava muito sujo.Foi difícil dormir lá pois já tinha reservado e pago.me senti enganada pois no site parecia um lugar maravilhoso e encontrei um verdadeiro hotel fantasma,escuro,sujo realmente de dar medo,fiquei decepcionada e me sentindo enganada.A comida era sofrível

    Responder
  14. Waldir 14 de janeiro de 2013 às 8:46

    Estivemos nesta pousada em Morretes (Hakuna) agora na virada do ano. De 5 dias que tinhamos programado, ficamos 2,5. Ainda tivemos que deixar uma diaria da minha familia sem utilizar a estrutura e refeiçoes (R$ 1.100,00), pois segundo a gerencia, a estada minina era de 3 diarias… decepcionante!!!!!

    Minha esposa enviou hoje um email diretamente para eles, relatando o ocorrido e pedindo melhorias para os proximos hospedes, que com certeza nao seremos nós nunca mais…

    Sinto que será em vão, pois como voces ja postaram diversas vezes acima, com reclamações com mais de uma ano até, vejo que não querem receber criticas construtivas mesmo. O Negócio então é divulgarmos a insatisfação e ajudar outras pessoas a não terem o mesmo prejuizo.

    Abraços

    Waldir

    Responder
    • Carol Wieser 7 de maio de 2013 às 12:16

      É sempre uma pena né Waldir. A gente se programa, paga (caro), nos decepcionamos e nem sequer somos ouvidos. De um modo geral, está um absurdo se hospedar no Brasil, pousadas caras e sem nada a oferecer.
      Iludir o turista (e cliente) é pedir pra nunca mais voltar mesmo 🙁

      Responder
  15. reginaldo 24 de abril de 2013 às 1:11

    Oi, já me hospedei com minha esposa e filho nesta pousada, realmente os chalés são bem interessantes, a culinária é ótima, mas as nossa decepção foi também com relação a higienização do quarto e banheiro. Sabemos que a região é bastante úmida, porém não justifica a falta de cuidado com a acomodação do hóspede, pois é no aconchego do quarto que se vai passar boa parte da estadia. Áh, também anotei naquela ficha de satisfação do cliente, mas acho que não dão importância, pois deixei meu e-mail e nunca recebi mensagem. Infelizmente cada vez que pensamos em hospedagem em Morretes, vem-nos esta lembrança e decidimos passar apenas o dia por lá, pois a cidade e gastronomia são ótimas. Um abraço. Reginaldo – Curitiba

    Responder
    • Carol Wieser 7 de maio de 2013 às 12:19

      É, o destino tá cada vez se tornando um bate e volta mesmo para os Curitibanos. O que deveria ser ao contrário, deveríamos passar feriados e finais de semana inteiros lá… É claro que não podemos generalizar, devem ter lugares bem bacanas e decentes em todos os quesitos. Mas uma experiência ruim faz com que riscamos, muitas vezes, o destino da lista. Infelizmente 🙁

      Responder
  16. Claudia 12 de maio de 2013 às 16:03

    Minha experiência na pousada não reflete em nada os comentários acima.
    Tive uma experiência maravilhosa, pois meu quarto, além de bem decorado, era muito limpo. E a comida, então? As 17h00 no sábado são servidos sonhos de diversos recheios. Uma delícia. O jantar estava maravilhoso, e o almoço do dia seguinte, fantástico. O tempero é todo especial.
    Adorei a minha estadia na Pousada e recomendo a todas as pessoas.
    Certamente voltarei em breve!!!

    Responder
  17. Kaká 6 de fevereiro de 2014 às 19:04

    Olá. Como o colega que foi pra Mykonos, que só tinha críticas ruins, e se surpreendeu, acho que também dei sorte. Passei o aniversário de 13 anos de casada lá, fará exatamente um ano. Talvez porque pedi a decoração especial cujo preço era muito bom na época (com espumante no gelo, frutas, velas acessas por todo o chão e pétalas de rosas, me emocionou ao entrar no chalé), eles tenham caprichado na limpeza. Ficamos no chalé Platina, maravilhoso, tb com hidro, etc, o mais bonito da pousada, é o "xodó" deles como disse a gerente, por isso eles capricharam decerto. Fiquei bem surpresa com os comentários aqui…só sei que o fim de semana foi "fodástico", e apesar de não lembrar de o café da manhã era bom, também não me marcou a ponto de achar ruim, era "normal". Espero que quem vá tenha sorte como eu tive, mas de qq maneira esse ano iremos para a Maktub. Obrigada Carol pelas dicas!!

    Responder

Leave a Reply

XHTML: You can use these tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>