Fernando de Noronha: dicas e informações úteis.

Posted by & filed under AMÉRICA DO SUL, BRASIL, Fernando de Noronha, Pernambuco.

fn2009_61

Então lá vou eu pra super seleção de dicas e informações úteis sobre Fernando de Noronha (pra fechar com chave de ouro). Espero que ajude e facilite a todos!

Obs: As dicas são MINHAS, ou melhor, relativas à minha experiência sobre esta viagem. Portanto, contém muitas informações de caráter pessoal. Do meu gosto, do meu jeito… Não venha reclamar depois que eu indiquei algo que não foi legal, pois o que pode ser legal para um pode não ser proveitoso para outro. Tudo vai depender do estilo de viagem que você está pretendendo fazer e do que você GOSTA de fazer! Tire suas próprias conclusões e se você gostar das dicas, aproveite-as.

FN2009_94

Onde Fica?
Fernando de Noronha é um arquipélago que pertence ao estado de Pernambuco. É formado por 21 ilhas e ilhotas, situado no Oceano Atlântico, a leste do estado do Rio Grande do Norte. A ilha principal tem 17 km² e fica a 545 km do Recife e a 360 km de Natal.

Como vou? Quanto tempo leva?
Existem duas opções de saídas para Fernando de Noronha, por Natal ou por Recife. Apenas duas companhias aéreas fazem este trajeto: Trip e Varig. A viagem dura em torno de 1 hora (pode variar dependendo de onde você sai). A maioria dos pacotes turísticos oferecem saídas destes destinos e tendem a ter cidades conjugadas (Natal + F. Noronha ou Recife + F. Noronha). Eu particularmente não aconselho esse tipo de pacote, pois eles oferecem apenas 3, no máximo 4 noites no arquipélago e tudo tem que ser feito muito rápido na ilha, não aproveitando realmente o que o lugar tem a oferecer.

Quando ir? Qual a melhor época do ano?
Em Fernando de Noronha, a temperatura média é de 28 graus na terra e 26 graus no mar, tendo apenas duas estações: uma seca (de setembro à março) e outra chuvosa (de abril à agosto). Entre abril e novembro, o mar-de-dentro fica bem calmo e Fernando de Noronha se torna um super atrativo para banhistas e mergulhadores. Nessa época é possível aproveitar bem as praias do Sancho, Baía dos Porcos e outros lugares como Cacimba do Padre, Conceição, etc. No período de dezembro a março o mar-de-fora fica mais calmo, nesse período os ventos fazem que o mar-de-dentro fique com ondas gigantes e as praias se tornam impróprias para banho, mas em compensação própria para surfistas. Então se você NÃO gosta de surfar, e puder escolher um mês para viajar, dou apenas um conselho: Vá em SETEMBRO, dizem ser a MELHOR mês de Noronha!

FN2009_93
TPA (Taxa de Preservação Ambiental), o que é isso? Tenho que pagar?
Todos os visitantes e turistas são obrigados, pela Lei N° 10.403/89, a pagar a Taxa de Preservação Ambiental, destinada a assegurar a manutenção das condições ambientais e ecológicas do arquipélago. O valor atual dessa taxa é de R$ 36,69 por dia/pessoa.
Para agilizar o processo e evitar a fila no aeroporto, o ideal é se adiantar e pagar a TPA pelo site oficial de Fernando de Noronha: noronha.pe.gov.br

O que levar?
Para uso diurno: Na maior parte do tempo você vai utilizar muita, eu digo, MUITA roupa de banho. Então ao fazer suas malas use e abuse de biquínis e saídas de banho. Além delas, procure levar roupas leves e confortáveis para fazer caminhadas e outras atividades (de preferencia de secagem rápida). Se você ficar um período razoável na ilha, leve várias peças de roupa pois por lá tudo suja muito fácil. Um tênis ou papete é essencial para as trilhas. No restante do tempo a boa e velha havaianas é o suficiente.
Para uso noturno: O que mais gosto de Noronha é que tudo é muito simples. Na ilha não é possível fazer uso de salto alto, então leve apenas sapatos confortáveis. Em geral o pessoal se veste bem simples pra ir jantar ou sair, nada impede de você levar aquele vestido bonitinho, mas nada social please!!
Por precaução, leve um agasalho, mas dificilmente você irá usá-lo.

Alguns itens que não podem faltar na sua mala:
· protetor solar (muito)
· chapéu ou boné
· mochila (para os passeios)
· papete ou tênis com solado aderente (para molhar)
· óculos escuros
· máquina digital e caixa estanque se você tiver.
· remédios (especialmente dramin se você enjoa)
· repelente
· equipamento de mergulho (nadadeiras, máscara e snorkel) – se você tiver, leve, se não tiver pode alugar lá.

Importante: Leve também dinheiro em espécie, porque a maioria dos estabelecimentos comerciais do arquipélago não trabalham com cartão de crédito. O Banco Real é o único banco com uma agência no arquipélago e não há casas de câmbio.

Quantos dias devo ficar?
Hum… Eu adoro Fernando de Noronha, então sempre aconselho as pessoas a ficarem 7 dias no arquipélago. Geralmente não gosto daqueles pacotes que ficam apenas 3-4 dias na ilha, pois acho que não conseguirá ver/fazer tudo que a ilha tem a oferecer (experiência própria). Mas muita gente acha que 4 dias é o suficiente… então vai depender do que você pretende na sua viagem, apenas CONHECER ou VIVER a ilha?

Quanto custa?
Ulalá… Chegamos na p$or parte. Fernando de Noronha é conhecido por ser um destino CARO. E devo afirmar, é caro mesmo!
Um pacote de 8 dias custa em torno de R$ 3000 (baixa) a R$ 4000 (alta) – saindo de São Paulo. Se você pesquisar bem, em baixa temporada consegue valores em torno de R$ 2500. Isso pra ficar em pousadas domiciliares (bem simples). Se você optar por aquelas pousadas com muitos golfinhos (estreladas), você pode pagar MUITO caro por um pacote.

Para você ter uma idéia dos valores das pousadas:
Pousada domiciliar: diárias entre R$ 120 – R$ 250.
Pousadas com Muitos Golfinhos: diárias entre R$ 300 – R$ 600.
Pousadas VIPS: a partir de R$ 600,00.

Sobre os valores de passeios, segue uma listinha de referência em baixa temporada:
· Caminhada R$ 35,00
· Ilhatur R$ 80,00
· Passeio de Barco R$ 90,00
· Aquasub R$ 85,00
· Trilha do Leão R$ 50,00
· Trilha da Atalaia R$ 55,00
· Trilha do Golfinho R$ 50,00
· Mergulho R$ 250,00
· Aluguel de Buggy R$ 150,00
· Aluguel de Moto R$ 120,00
· Aluguel de Equipamento de Mergulho (pelo período da hospedagem) R$ 20,00

Sobre valores de comes:
· valor médio de uma refeição principal em restaurante simples: R$ 25,00 por pessoa
· valor médio dos pratos em restaurante à la carte: R$ 50,00 (2 pessoas)
· valor do festival gastronômico na Pousada Zé Maria: R$ 150,00 por pessoa

Onde ficar?
Na ilha, existe uma classificação bem ordenada de pousadas, que ao invés de “Estrelas” chamamos de “Golfinhos”.
SISTEMA DE HOSPEDARIA DOMICILIAR= 1 Golfinho,
HOSPEDARIAS DOMICILIARES SELECIONADAS = 2 Golfinhos,
POUSADAS VIPS=3 Golfinhos,

FN2009_89SISTEMA DE HOSPEDARIA DOMICILIAR (Domiciliares):
Funciona assim, pousadas que não são VIPs, são chamadas de domiciliares. Para ser uma pousada domiciliar basta ter alguns quartos, frigobar, ar condicionado, televisão, banheiro privativo e chuveiro quente. Geralmente são casas de ilhéus que foram reformadas para ter uma “certa” estrutura para receber turistas. Mas tudo é muito simples (inclusive as acomodações). Então se você pegar um pacote que tiver incluso pousadas domiciliares, torça pra que ela seja legal e limpinha, mas esqueça o luxo e a frescura! Na verdade a infra-estrutura das pousadas tem melhorado muito nesses últimos anos, mas ainda deixa muito a desejar. Muitas vezes você vai achar o valor cobrado um absurdo pelo que oferece. Quartos apertados (nem sempre com a higiene ideal), café da manhã bem simples (sempre igual), açúcar (algumas vezes com formigas) e outras coisinha mais…
Na primeira vez que estive em FN, eu fiquei na Pousada da Germana. Desta vez fiquei na Solar das Andorinhas (ambas na Vila dos Remédios). Quando chegamos na Solar das Andorinhas, eles nos deram o “pior” quarto que tinha na pousada, para você ter uma idéia tínhamos que entrar na cama pelos pés, pois ela estava literalmente enfiada em um buraco. Mas reclamamos e depois de duas noites nos colocaram em um quarto BEEEEEEM melhor. Uma pena que não tirei foto do primeiro quarto, mas do segundo segue abaixo. E depois que entrei nele eu fiquei super feliz.
São inúmeras as opções de hospedagem domiciliares: olhe neste site.

FN2009_90HOSPEDARIAS DOMICILIARES SELECIONADAS:
Pousada que oferece um pouco mais de infra-estrutura.
Eis alguns exemplos:
Pousada Sueste, Hotel Dolphin, Maratlântico, Estrela do Mar, Pousada do Vale, Filó e Beco de Noronha.

FN2009_91POUSADAS VIPS:
Zé Maria, Maravilha, Solar de Loronha, Solar dos Ventos, Teju-Açu.

FN2009_86
Pousada Solar das Andorinhas

FN2009_87
Depois que ficamos neste quarto ficamos felizes…Pousada Solar das Andorinhas

Onde Comer? Onde ir?
Eu me impressionei como evoluiu a culinária em FN nos últimos 4 anos. A qualidade melhorou muito e a ilha está cheia de opções para todos os gostos e bolsos. Deixo abaixo uma lista de lugares que eu fui e gostei:
CACIMBA BISTRÔ: Um bistrô sofisticado que fica na Centrinho. Bem gostoso.
VARANDÃO: Ótimo custo e benefício. Os pratos são bem elaborados e deliciosos, vale a pena mesmo. Fica na Vila do Trinta.
ZÉ MARIA: O Festival é muito bom (todas as quartas). A variedades de pratos é impressionante, e o serviço maravilhoso. Vale a pena conhecer. Nos outros dias, o restaurante funciona a lá carte. Fica na Floresta Negra.
TRICOLOR: Restaurante bem simples que fica localizado na Vila dos Três Paus. Especializado em moqueca de frutos do mar (bem saborosa) e deliciosos doces caseiros. Os donos são super simpáticos.
TOM MARROM: O peixe na bananeira é muito bom. Fica na Vila dos Remédios.
BAR DUDA REI: Bar que fica na praia da Conceição. Vende desde bebidas a pratos e petiscos. O pessoal se reúne sempre no final da tarde neste lugar.
BAR DO CACHORRO: Com certeza esse é o lugar mais agitado na noite Noronhense. Cada dia toca um ritmo de música, mas o forró é o mais frequentado. Fica no Mirante da Praia do Cachorro, a poucos passos do centrinho. A pizza é uma boa pedida pro fim da noite.
MUSEU DO TUBARÃO: Vende alguns pratos exóticos de tubarão. Não comi, mas achei o lugar bem bacana. Fica em frente ao Buraco da Raquel.

FN2009_88Festival Gastronômico Pousadas Zé Maria

Localize-se:
Tem mapas da ilha disponível do site: noronha.pe.gov.br

Operadora Local (que usamos):
Luck Receptivo

FN2009_92

Dicas Gerais:*
Fuso horário: Noronha possui o fuso-horário de 1 hora a mais em relação ao horário de Brasília, exceto quando está vigorando o horário de verão.
Recursos hídricos: Não existem nascentes na ilha, toda água consumida é proveniente da chuva e do mar (dessalinizada), por este motivo o racionamento é constante;
Energia: O abastecimento da ilha é feito através de uma usina termo-elétrica (85%) e por um aerogerador (15%), que operam durante 24 horas com voltagem de 220 volts.
Telefonia: É possível realizar ligações nacionais e internacionais, através de linhas convencionais ou de celular.
Televisão : Os principais canais de emissoras nacionais são retransmitidos à população, via parabólica;
Abastecimento: Tudo que é consumido na ilha é proveniente do continente. Essas mercadorias chegam prioritariamente de barco ou de avião e são vendidas à população nos dois pequenos supermercados da ilha;
Banco: Um agência bancária do Banco Real, opera na ilha. Tem caixas eletrônicos 24 horas.
Câmbio: Não existem casas de câmbio, por este motivo é recomendável fazer o câmbio no continente antes de embarcar para Noronha;
Hospital: Um hospital faz os atendimentos à população e visitantes. Casos mais graves são encaminhados ao continente;
Transportes urbano: Uma linha regular de ônibus circula pela BR das 6 ás 24 horas, atendendo à população e visitantes, além disso tem os táxis (buggys);
Palestras: Todas as noites há palestra no centro de visitante do Projeto Tamar/Ibama. Essas palestras começam ás 21 horas e terminam ás 22 horas. A entrada é gratuita e cada noite é abordado um tema, relativo ao meio ambiente, diferente;

Dicas de Segurança:*
Estando na ilha, é importante:

Não praticar atividades desacompanhado(a);
Utilizar a passarela para caminhar na BR;
Evitar se aproximar demais das encostas nos mirantes;
Beber bastante água e usar protetor solar durante os passeios;
Durante as trilhas recomenda-se o uso de tênis ou sandálias que prendam no calcanhar;
Recomenda-se não tocar nas vegetações e animais;
Observar as Leis do Parque Nacional antes de realizar atividades por conta própria, evitando assim problemas com a fiscalização;
Respeitar seus limites físicos não praticando atividades muito pesadas sem a devida recomendação médica;
Usar coletes salva-vidas sempre que entrar no mar aberto. Lembre-se de que você está em alto mar sujeito a correntes marinhas;

Leis Ambientais**
Fernando de Noronha é parte do Patrimônio Mundial Natural e deve ser conservado para as futuras gerações. Algumas práticas ambientais precisam ser respeitadas.

Portanto é proibido:
· Caça submarina, pesca e introdução de animais e plantas;
· Abater, perseguir, alimentar animais e coletar sementes, raízes e frutos;
· Coletar conchas, corais, pedras, animais vivos ou parte de organismos;
· Visitar as áreas do Parque no horário das 18h às 8h;
· Nadar, mergulhar e parar embarcações nas imediações da Baía dos Golfinhos;
· Abandonar lixo ou detritos, acampar, pernoitar e fazer fogo;
· Visitar as áreas que não sejam de uso público do Parque Nacional sem autorização do Ibama;
· Escrever ou pichar em rochas, árvores ou placas de sinalização;
· Mergulhar nas piscinas de Baía dos Porcos e no Buraco da Raquel;
· Caminhar sobre os arrecifes das praias do Atalaia, do Sueste e do Leão;
· Ingressar no mangue do Sueste;
· Ultrapassar os limites das bóias das baías do Sueste e dos Golfinhos;
· Usar nadadeiras e protetor solar ao mergulhar na praia do Atalaia;
· Fazer mergulho autônomo sem a supervisão de uma empresa credenciada pelo IBAMA.

Fontes:
* Luck Receptivo
**noronha.pe.gov.br

hr_03

Conheça a Carol Wieser

Carol Wieser escreveu 165 posts para o TRAVEL FOREVER.

Criadora e editora do blog, adora colocar os pés na estrada! Está sempre planejando uma nova viagem. Sua Bucket List é enorme (e azul), dificilmente irá conhecer todos os destinos que deseja, mas continua esperançosa!

Veja também:

Tags: , , , , , , ,

34 Responses

  1. turomaquia 13 de maio de 2009 às 1:27

    UAU, que guia mais completa!
    Senhor, como é caro ir a Fernando de Noronha, desta forma se controla um pouco o fluxo de gente, mas por outro lado para muitos brasileiros é algo inviável.
    Beijos

    Responder
  2. Carol Wieser | Trave 13 de maio de 2009 às 11:29

    Patricia,

    Concordo contigo. Para a MAIORIA dos Brasileiros é inviável ir para Noronha. É muito caro e se for analisar (hospedagem por exemplo) por esse preço a gente consegue ir ao caribe (que é uma viagem internacional, requer aéreos mais complexos) no sistema all inclusive (tudo incluido) e por uma semana. Não comparando os lugares, nem puxando sardinha para destinos fora do Brasil, mas analisando friamente não teríamos que pagar mais caro por aqui sem infra estrutura ainda, teríamos? Seria tão mais proveitoso se pudéssemos nesse valor ter uma infra-estrutura invejável para os extrangeiro. Mas isso não acontece… E nós, para ver as maravilhas nacionais pagamos o preço que cobram, vale pela natureza, mas não pela infra que oferece. Poderia ser mais justo.

    Abs,

    Responder
  3. Margarida 13 de maio de 2009 às 15:37

    Super guia de Noronha!! Quando eu pensar em ir até lá já tenho aqui toda a informação necessária! 🙂
    Como vc tem os preços em reais eu não sei ver muito bem se é caro ou não ,mas sei que partindo aqui de Portugal , Noronha é um dos destinos mais caros do Brasil!

    Beijos
    Ps: adorei a bonequinha vestida com o equipamento de mergulho…muito parecida com vc…hehe 🙂

    Responder
  4. Tiago Bezerra 15 de maio de 2009 às 7:08

    Parabéns pelo post, quem vai a Noronha pela primeira vez não pode deixar de ler!

    Noronha ainda continua mais caro que a maioria dos destinos brasileiros, mas aqui pra nós… nenhum se compara com tamanha beleza. Fui em Noronha em Fevereiro deste ano e fiquei hospedado na pousada MABUYA (nível dois golfinhos que não está contemplado na tua lista). Trata-se de uma pousada domiciliar com um ótimo atendimento, limpeza impecável e, um café da manhã maravilhoso, ela fica na vila do trinta próximo a LOCBUGGY. me indicaram também a pousada BELA VISTA e a MORENA, todas nessa linha de uma boa relação Custo x Benefício.

    O que indico:

    Pousadas: Mabuya, Bela Vista e Morena;
    Receptivo: Locbuggy (www.locbuggy.com.br);
    Agência de viagem: Karitas Turismo (www.karitas.com.br);
    Restaurante: Flamboyant (Simples), Trattoria di Morena (Muito bom) e Festival Gastrônomico do Zé Maria.

    Não deixe de fazer:

    – O passeio de Barco VIP;
    – O passeio de Ilhatour;
    – O mergulho de cilindro;

    Uma boa viagem para todos.

    Ps.: Apesar de caro Noronha vale muito, muito a pena!!!!

    Responder
  5. Fabiana 19 de maio de 2009 às 11:19

    Oi Carol! Achei seu blog quando procurava dicas sobre Cape Town, para onde vou em julho. Anotei as dicas que ainda não tinha e desde então também tenho tentado ler tudo o mais que você escreve. Seu texto é super gostoso de ler e eu também adoooro fotografia. Suas fotos são lindas! A propósito, o post sobre Noronha está excelente. Beijão

    Responder
  6. Luisa 19 de maio de 2009 às 15:22

    Nesse post vc se superou Carol! Tá excelente!
    Pena que seja um destino tãããão caro (principalmente pela estrutura que oferece)…
    Mas um dia eu volto pra mergulhar como se deve em Noronha! Vc me deixou morrendo de vontade!
    Bjs

    Responder
  7. Alessandro A. 20 de maio de 2009 às 7:09

    Carol, sou novo por aqui e também estou no início do meu blog, mas gostaria de registrar que esse post está excelente! Tem tudo que alguém precisa saber para uma viagem a Noronha. Parabéns!

    Eu fui para lá em 2007 e adorei. Estou só aguardando o meu filho crescer um pouco mais para voltar.

    Responder
  8. Sergio Coêlho 29 de junho de 2009 às 11:03

    Carol, parabéns pelas dicas de Noronha. Eu e minha namorada nos orientamos bastante pelas informações contidas aqui no site.
    Fomos para lá em meados de Maio/2009 e ADORAMOS a cidade. Pena que em termos de infraestrutura não seja lá essas coisas comparadas com outros pontos turísticos encontrados no Brasil. Ficamos na Pousada da Germana e confesso que foi um dos piores lugares que já nos hospedamos. O Administrador da Pousada só nos deu atenção no primeiro e último dia em que estivemos por lá. Não havia troca de toalhas diariamente. Com certeza voltaremos para Fernando de Noronha, em breve, mas não nessa Pousada da Germana. Entendemos que a principal propaganda de Noronha seja o famoso "boca-a-boca". E, nesse caso, é bom compartilharmos com vocês essa nossa experiência.
    Em compensação, os instrutores de mergulho da Atlantis foram de uma hospitalidade fenomenal. Ainda mais pra nós dois que éramos a primeira vez que mergulhávamos. Já não posso dizer o mesmo das atendentes da Atlantis. Em especial para a pessoa que fica no piso superior vendendo as fotos do mergulho. Pena que não lembro o nome dessa pessoa. Aqui vou deixar uma dica de um restaurante que fica nos fundos da Pousada SolYMar. Fomos na penúltima noite, antes das palestras do IBAMA e eles no atendeu com uma atenção impressionante. Sem falar que a comida é personalizada. Escolha seu prato que ele faz especialmente pra vocês.
    Bem, mais uma vez meus parabéns pelo blog.
    Sucesso pra vocês nas viagens.

    Responder
  9. Sergio Coêlho 30 de junho de 2009 às 5:18

    Carol,

    quando falei da Atlantis, só tenho a elogiar a estrutura quanto os instrutores de mergulho. Estes, nos recepcionaram muito bem. Desde a chegada no barco até o translado de volta para a Pousada.

    Já das Atendentes, não posso dizer o mesmo. Sempre "amargas" (como costumamos falar na nossa gíria em relação ao mau humor…rs). A Atendente que fica no piso superior vendendo as fotos do mergulho, idem.

    Outra observação que esqueci de mencionar no posta anterior, foi sobre o dia em que chegamos na Pousada e sequer haviam sabonetes para o banho. O Administrador sequer teve o trabalho de deixar o quarto preparado para recepcionarmos. Tanto que relevamos, já que havíamos levado em caso de emergência. E, no café da manhã do dia seguinte, perguntamos à senhora que nos servia sobre os sabonetes. Ela simplesmente falou que ainda não haviam chegado para colocar nos quartos. São nessas horas que percebemos a preocupação de uma Pousada com os seus hóspedes. Já que quem vai à Fernando de Noronha, não consegue ficar sem voltar lá. E essas "pequenas coisas" fazem a diferença na hora de escolher a Pousada.

    Mais uma vez sucesso pra você nas viagens.

    Abraços.

    Responder
  10. Leonardo 27 de agosto de 2010 às 8:48

    Carol,

    Adorei, já imprimi para poder levar…rsrsrs

    Vou passar a lua de mel em Fernando de Noronha no mês de outubro, e estou super ancioso de experimentar todos os passeios que indicou. Não fechei o pacote ainda. Como vou partir de Campinas, fica muito caro passar os 7 dias na Pousada Zé Maria, aproximadamente R$8.850,00 o casal. Pedi orçamento também na pousada da Filó (em torno de R$ 5.900,00). Como é uma viagem de lua de mel fico receioso ficar na Filó. Com esta opção econoziraia um bom dinheiro. Você acha que a Pousada da Filó ira atender minhas expectativas?

    Um grande abraço

    Leonardo

    Responder
    • Carol Wieser 29 de agosto de 2010 às 17:06

      Oi Leonardo.

      Pergunta difícil essa a sua… Acredito que não dá para fazer comparação entre as duas pousadas, pois são de categorias diferentes! A diferença de valores é bem significativa, massss não fiquei em nenhuma delas então não sei lhe dizer até que ponto vale a pena economizar. Você tentou fazer orçamento em outras pousadas similares à (categoria) Zé Maria? Como a Teju-Açu ou Solar de Loronha pra ver se conseguia um orçamento mais em conta?

      Abs,

      Responder
  11. Deyse 16 de dezembro de 2012 às 12:23

    Olá Carol vi que vc ja visitou los roques e fernando de noronha estou me programando para ir no reveiloon agora de 2013 vc preferiu qual destino? qual melhor praia? Estou mto na duvida se puder me dar uma opiniao serei grata .

    Ah adorei seu blog ….
    obrigada

    Responder
    • Carol Wieser 17 de dezembro de 2012 às 13:10

      Deyse, dificil viu!!!
      Adoro os 2 destinos, mas se eu tivesse que escolher um, eu iria pra Los Roques de novo, por conta do mar que é estupidamente azul. Noronha é lindo, mas Los Roques é estonteantemente azul!!!
      A melhor praia de Noronha – na minha opinião é o Sancho, porem nessa época, provavelmente o Sancho estará revolto. Já em Los Roques, o melhor é Cayo de Agua, porem mais longe de chegar…
      Ajudei?!?!

      Abraços

      Responder
  12. Deyse 16 de dezembro de 2012 às 22:13

    Olá Carol vi que vc ja visitou los roques e fernando de noronha estou me programando para ir no reveiloon agora de 2013 vc preferiu qual destino? qual melhor praia? Estou mto na duvida se puder me dar uma opiniao serei grata .

    Responder
  13. Ezequiel 6 de março de 2013 às 17:09

    Coral, parabéns pelo post.
    Agora preciso de uma dica sua. Vou me casar dia 20/09/2013.
    E meu sonho sempre foi ir para FN, e ficar uma semana lá.
    Mas queria que fosse num Bangalo ou um quarto bem legal para nossa lua de mel, mesmo que isso signifique um pouco mais no valor.
    Quando comecei a pesquisar os lugares, percebi um diferença muito grande de valores, mas não vi tanta diferença de qualidade.
    Poderia me fazer uma recomendação, do que seria boas opções para lua de mel bem romantica?

    Obrigado pela ajudinha!

    Responder

Leave a Reply

XHTML: You can use these tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>