Pé na areia em Penha!

Posted by & filed under AMÉRICA DO SUL, BRASIL, Penha, Santa Catarina.

penha_01

Na maioria das vezes me pego falando de destinos super diferentes, aqueles que todo mundo quer ou sonha em ir um dia! Acho que criei uma espécie de fixação por esse tipo de viagem, e sem querer (juro), acabo esquecendo dos lugares que estamos acostumados a visitar corriqueiramente. Então pra me redimir, antes de começar a falar de Noronha onde estive por esses dias, vou contar pra vocês um pouquinho de uma cidade do litoral de Santa Catarina chamada Penha, onde frequento desde pequenininha e continuo indo todos os anos, e sempre que tenho uma folga vou de novo. Aliás, foi ali que eu passei o Natal e o Reveillon este ano, e quase sempre, o de todos os anos! 😉

penha_06
 Armação de Itapocorói
Penha é um daqueles lugares que por mais que haja mudanças locais, pra mim está sempre igual: simples, aconchegante e encantador. Não sei se é por que eu já peguei gosto, mas cada ano que passa acabo achando mais legal veranear por lá. Talvez essa seja a grande diferença, antes de ser um lugar tipicamente turístico, Penha é um balneário de veraneio. A maioria das pessoas que frequentam esse local possuem casas ou apartamentos para passar as férias. Ali, ao contrário dos Balneários vizinhos como Navegantes, Piçarras e B. Camboriú, esta praia não possui ruas à beira mar. As residências têm acesso direto para a areia, o que faz com que o local seja menos frequentado por “farofeiros” e taí o grande segredo que acabei de revelar! A Tranquilidade de não ter que disputar cada grão de areia no tapa com os outros banhistas é muito bom! Tá certo que entre Natal e Ano Novo não tem jeito não, a praia lota de visitantes e fica difícil achar um lugar ao sol, mas em outras épocas, Penha é super tranquila e ideal pra aproveitar “uma praia” sossegada.
Nem todo mundo sabe, mas Penha possui praias lindíssimas, com águas limpas de cor de esmeralda. Algumas urbanas e bem frequentadas, outras isoladas e desertas. Têm pra todos os gostos… da mais agitada para os surfistas se deliciarem, como até a mais calma para as crianças e vovós fazerem a festa. Por se tratar de uma baía cercada por morros, o mar fica abrigado dos ventos em algumas partes, e com isso as águas são calmas e ideais pra banho nas praias mais urbanas. Já nas praias mais desertas, onde não há o abrigo dos morros, o mar aberto tende a ser bem agitado e muitas vezes perigoso. Cenários pitorescos é que não faltam na região, a praia de Armação de Itapocorói por exemplo, abriga uma colônia de pescadores que atracam seus barcos pesqueiros artesanais e industriais por ali. E claro, como toda boa praia de Santa Catarina, alguns “Iates” fazem parte do cenário e miscigenam a simplicidade local com a extravagância moderna. Um entrevero de encher os olhos!
penha_07

Se não bastasse o mar tranquilo e limpo, ainda temos o privilégio de possuir uma natureza quase intacta na região. A vegetação que toma conta das encostas é a Mata Atlântica. Preservada por lei, é proibido todo e qualquer desmatamento local, mesmo na frente das casas que tem acessos à praia nenhum arbusto pode ser retirado. Os morros da região servem de plataforma para saltos de Parapentes e é comum avistar voadores entusiastas. Outra prática comum de avistar po lá é o cultivo de marisco. As bambonas azuis se incorporam à água, não é bonito não, mas não chega a estragar o cenário. O local chega a produzir o equivalente a 35.000 toneladas de marisco por ano 😎

penha_10
Cultivo de Marisco

Mas nem só de peixe e “marisco” vive o homem, e depois que o parque do Beto Carrero World se instalou na cidade o turismo cresceu muito na região e Penha acabou sendo um roteiro bem procurado no Brasil e na América Latina nesses últimos anos. Além do parque temático, hoje Penha junto com a cidade de Piçarras contam com uma infra estrutura turística bem razoável para receber os visitantes, muitas pousadas e passeios extras como o de escuna que dá a volta em toda a baía e ainda de quebra dá uma paradinha na mais famosa ilha de lá para um mergulho: a “Ilha Feia”. Mas enganasse quem pensa que ela faz juz ao nome, pois de feia ela não tem nada. É uma ilha “virgem” que divide os municípios de Piçarras e Penha e surpreende qualquer um por sua beleza natural intacta. Vale a pena conhecer.

penha_09
Parque temático Beto Carrero World

E o que eu faço por lá?
Bom… geralmente eu sento em uma cadeira de praia, bebo uma caipirinha, tomo sol e depois de torrar o coco por uma hora, parto para um bom mergulho no mar… no finalzinho da tarde uma agradável caminhada pela praia pra fechar um belo dia de férias. Aquela coisa, a gente não faz nada pra depois descansar…

penha_01
Praia de Armação
penha_05Praia da Paciência
penha_04
Passeio de Scuna.
Segue abaixo um pequeno descritivos das praias que pertencem ao município de Penha:

» Praia de São Miguel
É a praia mais próxima do município de Navegantes. Praia de pescadores, ao entardecer a beira do mar fica cheia de embarcações que por ali ancoram. O mar geralmente é calmo e seguro para o banho.

» Praia do Lucas
Uma praia muito bonita e totalmente desabitada. Fica ao sul da Praia Vermelha e pode ser alcançada à pé. O mar aqui é aberto, então ondas são frequentes neste local. Mas quando calmo, a paisagem é paradisíaca.

» Praia Vermelha
Mar aberto e geralmente agitado, felicidade dos surfistas. Esta é uma das praias mais procuradas por eles em Penha. Pra chegar até ela é preciso pegar um trecho em estrada de terra. Perto daqui, fica um dos pontos de salto de Parapente. Muitos aterrizam nesta praia após o vôo.

» Praia Grande
Como quase todas as outras praias deste município, a do Grande é naturalmente delimitada por morros (um deles o Morro da Vigia). Este lugar já virou uma espécie de vilarejo e apesar de ainda não ter estradas adequadas (ainda a estrada é de chão), formou-se uma pequena estrutura de pousadas e restaurantes para atender a demanda.

» Ponta da Vigia
No mínimo você se perde 2 vezes antes de achar a estrada certa para subir no morro. Com acesso pela praia Grande, uma vez que você chega ao alto do pico, pode-se avistar algumas praias tanto ao sul, quanto ao norte. Se o céu estiver claro, conseguirá ver desde Barra Velha, Piçarras, Praia da Armação e a Praia Grande. O visual é lindo. Dica: melhor subir de carro.

» Praia da Paciência
A minha preferida! Uma pequena faixa de areia emoldurada pelas formações rochosas. Ao lado da praia, as pedras formam uma espécie de piscina natural  e quando a maré baixa é possível avistar os peixes que ali habitam (super coloridos). O local possui um único barzinho, bem simples, mas o Marisco ao bafo deste lugar é divino, e fresco, retirado do mar na hora do pedido. Pra chegar até lá, basta pegar a mesma estrada que vai ao morro da Vigia e seguir à esquerda. Um ótimo lugar pra ir com crianças. Muitas pessoas procuram aqui para fazer snorkel pois a água é muito limpa, eu também!

» Praia da Armação do Itapocorói
As chamadas “armações” eram os locais onde antigamente trabalhava-se com a pesca de baleias, hoje, ainda bem, não se pesca mais esses animais, mas muitos habitantes deste local ainda vivem do trabalho do mar. É por aqui que as embarcações dos pescadores ficam ancoradas. A paisagem é belíssima e o mar é muito calmo, sem ondas. Este é um dos poucos lugares que tem uma rua pequena à beira mar, dá pra passear de carro por lá.
Dica: ótimo lugar pra curtir um o pôr do sol. Neste lugar há bons restaurantes também.

» Praia da Armação
O lugar onde fico e adoro. É uma praia relativamente extensa, com seis quilômetros de faixa de areia, abrange as praias do Manguinho, Fortaleza e Quilombo. No verão é a praia mais frequentada e agitada. Mas vale lembrar que não existe rua à beira mar, portanto as ruas de acessos laterais simplesmente lotam na alta temporada, e é difícil achar local pra estacionar.

» Praia da Saudade
Uma praia bem simpática e charmosa, cercada por morros. Porém é bem pequena e residencial. Ela possui um calçadão e tem estacionamento. Daqui a visão da ilha Feia é muito bonita. Vale a pena conhecer, porem o mar é um pouco mais mexido, deve-se tomar cuidado.

» Praia Alegre
Para as crianças, pura diversão. O mar aqui é muuuuuuito calmo. Pros papais, alguns quiosques na calçada garantem a cervejinha e bons petiscos. Mas não espere por águas cristalinas neste local, pois dois rios desembocam ao lado da faixa de areia e a água do mar torna-a bem escura.

penha_03
Um pedacinho da Ilha Feia.
penha_11
Praia da Armação de Itapocorói

Alguns Bons Restaurantes:
Restaurante do Lilo (Centro de Penha)
Restaurante Lindomar (Praia de Armação)
Petisqueira Alírio (Armação do Itapocorói)
Ancoradouro (Armação do Itapocorói)
Peixe na Telha (Armação do Itapocorói)
Pousadas e Hotéis Recomendados:
Pousada Pedra da Ilha » www.pedradailha.com.br
Pousada Ilha do Sol » www.pousadailhadosol.com.br
Pousada Convés das Ondas » www.convesdasondas.com.br
Hotel Açoriano » www.hotelacoriano.com.br
Hotel Maricá » www.hotelmarica.com.br
Hotel Mirante do Bosque » www.mirantedobosque.com.br
Vila Olaria Hotel » www.vilaolariahotel.com.br
Hotel Estrela do Mar » www.hotelestreladomar.com

Conheça a Carol Wieser

Carol Wieser escreveu 165 posts para o TRAVEL FOREVER.

Criadora e editora do blog, adora colocar os pés na estrada! Está sempre planejando uma nova viagem. Sua Bucket List é enorme (e azul), dificilmente irá conhecer todos os destinos que deseja, mas continua esperançosa!

Veja também:

Tags: , , , , ,

18 Responses

  1. Vida de Turista 15 de janeiro de 2009 às 13:46

    Olá Carol,
    Poxa que legal saber que você passa praticamente em todos anos a virada ali em Penha porque eu já passei também muitoooos…
    Vai saber então se a gente já não se esbarrou por lá andando na praia nesses anos, já que a extensão não chega a ser tão grande, né?
    Ultimamente mesmo que estou passando em Balneário Camboriú, mas já curti muito Penha, Piçarras, Navegantes e outras praias..
    Bom saber também que Penha tá melhorando cada vez mais pra receber os turistas.
    Um abraço,
    Thiago

    Responder
  2. Margarida 15 de janeiro de 2009 às 14:23

    Carolzinha

    Já estava com saudades dos seus posts ! Depois de conhecer Treze Tílias ( onde só falta a neve,os castelos e os Alpes para ser na Austria…hehehe) agora este post fantástico e muito útil para quando seu for visitar as praias lindas de Santa Catarina ! 🙂
    Até já fui espreitar os sites dos hoteis recomendados e desta vez fiquei mesmo com vontade de trocar a neve por praia um destes anos ! 😉
    Tem que passar rápido lá no meu Blog para ver o local onde eu passei o final-de-ano…brrrrr…friozinho mas lindo também… 🙂

    Beijos

    Responder
  3. Carla 15 de janeiro de 2009 às 16:12

    Carol,
    voltou! Então em breve teremos posts de Fernando de Noronha…Oba!!!
    E sabe que eu não sabia de Penha…nada nada…nem que o Beto Carrero ela lá. É bom acompanhar esses blogs que vamos conhecendo cada vez mais e você ainda deixou dicas de hotéis, restaurantes e praias!
    Adorei as fotos, estão tão boas. Fiquei até com vontade de ir pra um desses balneários…mas com praia aqui no Rio acabo viajando pouco pra curtir praia.
    Beijos

    Responder
  4. Margarida 16 de janeiro de 2009 às 13:43

    Carol

    Tenho a certeza que Santa Catarina tem imensos lugares lindos…Florianopolis já ouvi falar e Bombinhas tem um nome bem engraçado… 🙂
    Estou cada vez com mais vontade de voltar ao Brasil e desta vez definitivamente para o Sul…o problema é que 3 meses está a parecer-me pouco…hehe… :-)…acho que vou ter que ficar pelo menos uns 6 😉

    Beijo

    Responder
  5. pedroserra 16 de janeiro de 2009 às 17:42

    Nossa… isso sim é um post completo, do jeito que eu gosto. Estou preparando um sobre as praias do Brasil e vou pegar umas informações aqui.

    O post lá, das cenas de uma família carioca eu tirei do ar para pegar mais umas fotos, mas vou colocar de novo.

    Meu filho é lindo, né???

    Bjs

    Responder
  6. Luisa 18 de janeiro de 2009 às 15:44

    Carol,
    Que saudade que me deu das minhas férias de verão na infância!
    Eu batia ponto na região todo mês de janeiro…
    Tá certo que eu fazia mais o estilo farofeira em B. Camboriú, mas de vez em quando, pra dar uma variada, ia pra Penha tb… E por incrível que pareça, nunca fui ao Beto Carrero!
    Bjs

    Responder
  7. Carol Wieser | Trave 19 de janeiro de 2009 às 9:06

    Luisa,

    Estou surpresa com o número de pessoas que já visitaram ou iam à Penha leitores do blog… Que legal saber que o post trouxe boas lembranças!! Um pena você nunca ter ido ao Beto Carrero, cada vez o parque está melhor, em janeiro por exemplo, foi inaugurado uma super montanha russa lá e tenho certeza que trará mais turismo pra região.

    Beijos

    Responder
  8. Bruno Maricá 24 de agosto de 2017 às 1:45

    Também adorei! Depois que vim morar em Curitiba, tive mais contato com as terrinhas de SC, e me apaixonei. Beto Carrero é imperdível, o contato com os animais e aquele passeio de tremzinho que vem os caras dando chicotada na gente, muito legal. Levei meu filho, ele se amarrou. Legal o post.

    Responder

Leave a Reply

XHTML: You can use these tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>