Noronha: de dentro, de fora ou debaixo da água?

Posted by & filed under AMÉRICA DO SUL, BRASIL, Fernando de Noronha, Pernambuco.

De que ângulo a ilha é mais bonita? De dentro, de fora ou debaixo da água?
Hum… Depende do ponto de vista, dos anseios, expectativas, da sorte e da opinião de cada pessoa. Fiz aqui uma coletânea de informações “pessoais” de coisas que valem à pena e outras nem tanto em Noronha. Mas estão todas aí… Confira:

•• Vale a pena ••
Um passeio de barco. É uma outra visão da ilha. Aprecie a companhia dos Golfinhos Rotadores.

•• Faça ••
Mergulho ou snorkeling. Nem vou entrar em detalhes… Apenas veja as fotos aqui!

•• Passeie ••
De bugue, não há emoção maior do que colocar o bugue naqueles calçamentos antigos de pedra da Vila dos Remédios. Garante boas gargalhadas.

•• Veja ••
Os golfinhos Rotadores ao amanhecer (5h30 da matina) no Mirante dos Golfinhos ou uma abertura de ninho de tartarugas na Praia do Leão.

•• Não deixe de ir! ••
Praia da Baía do Sancho: Essa mesma… Tem que descer por um buraco no meio das falésias para chegar à praia. Ideal para mergulho.
Praia da Baía dos Porcos: O acesso é um pouco difícil e a praia pequena, mas não dá pra deixar de mergulhar nos aquários naturais povoados por raias e outros peixinhos.
Praia da Cacimba do Padre: Ótima para surfe. A ilha Dois Irmãos fica em frente.
Praia do Boldró: Piscinas naturais atraem surfistas e mergulhadores.
Praia da Conceição: Linda areia, mar convidativo ao banho.
Praia do Meio: Próxima à Vila dos Remédios, recomendada para quem acabou de chegar e ainda está cansado.
Praia do Cachorro: Fica perto da Vila dos Remédios. É a praia dos habitantes e dos surfistas, com bares e lojas de artesanato (são poucas).
Praia de S. Antônio (do Porto): Quem disse que porto e praia não combinam? Boa para banhistas e mergulhadores (tem um naufrágio bem pertinho).
Praia do Leão: O espetáculo fica por conta dos esguichos de água quando as ondas batem nas formações de corais. Também é a praia da desova das tartarugas.
Praia da baía do Sueste: Mar tranqüilo e cheio de tartarugas (cuidado com as malditas caravelas)!
Praia da Atalaia: Areia cercada por formações vulcânicas, na maré alta forma uma piscina natural. Só 30 pessoas por dia podem mergulhar aqui. E fim de papo, que o fiscal é durão!

•• Conheça ••
Ponta da Sapata/Enseada do Portão: Esta pedra parece uma múmia. Lembra o mapa do Brasil ou da África? Melhor visualizada em um passeio de barco.
Mirante da Baía do Sancho: Paisagem belíssima. Como resistir ao “Momento Kodak” com um mar verde-esmeralda e as Ilhas dos Dois Irmãos de fundo?
Mirante do Boldró: Não deixe de ver um pôr-do-sol neste lugar. É mágico.
Buraco da Raquel: A água do mar tanto bateu, bateu que furou a pedra… Existe uma lenda em volta desta rocha…Mas só visitando a ilha para saber…
Forte de N. S. dos Remédios: No alto da Vila dos Remédios. Histórico.
Igreja N. S. dos Remédios: A mais importante da ilha.  Fica na Vila dos Remédios.
Palácio de S. Miguel: Estilo colonial, é sede da administração da ilha.

•• Saia ••
O Bar do Cachorro é um lugar simpático que toca forró e todo mundo vai pra lá (pois é a única opção noturna agitada de lá).  Eu achava que este nome era por causa da “Praia dos cachorros” que fica ao lado, mas para meu espanto os cachorros dormem espalhados pela pista de dança. Conselho: dance forró, mas cuidado para não pisar em nenhum totó, (rimou!).

•• Participe ••
Da palestra do Tamar. É muito legal, além de instrutiva você conhece muitas pessoas que vão estar na ilha no mesmo período que o seu.

•• Compre ••
Uma lembrançinha ou souvenir do projeto Tamar. Tem coisinhas lindas e você está ajudando as Tartarugas Marinhas.

•• Coma ••
Na pousada Zé Maria pelo menos uma noite. A comida é deliciosa, vale a pena pagar um pouco mais por uma refeição bem elaborada e de quebra você já aproveita para dar uma espiadinha na pousada…

•• Só tem lá ••
Bolinhos de Tubalhau – carne de tubarão salgada, semelhante a bacalhau – à venda no Museu do Tubarão. Não saia de lá sem provar.

•• Não tem lá ••
Shoppings, lojas e afins… Esqueça, aproveite a natureza!

•• Alerta Vermelho ••
Cuidado com o mar!
Cuidado com Malditas Caravelas, calma, não é barco não… Caravelas são águas-vivas que em várias épocas do ano aparecem na ilha… Principalmente na praia do Sueste, então, se for fazer snorkeling use lycra que já ajuda bastante. Experiência própria!

Conheça a Carol Wieser

Carol Wieser escreveu 165 posts para o TRAVEL FOREVER.

Criadora e editora do blog, adora colocar os pés na estrada! Está sempre planejando uma nova viagem. Sua Bucket List é enorme (e azul), dificilmente irá conhecer todos os destinos que deseja, mas continua esperançosa!

Veja também:

Tags: , , , , , , ,

4 Responses

  1. Margarida 16 de dezembro de 2007 às 16:48

    Carol!

    Fernando de Noronha deve ser bem bonito!!Na proxima vez que for ao Brasil acho que vou ficar lá também.
    O Projecto Tamar das tartarugas marinhas eu já conheço da Praia do Forte,comprei uma tartaruga verdinha bem linda lá na lojinha!!

    Aproveito para desejar um Feliz Natal cheio de saúde,alegria… e muitas viagens também!!

    Muitos beijinhos

    Responder
  2. Carol Wieser | Trave 17 de dezembro de 2007 às 4:54

    Oi Margarida!
    Nossa, pra mim Fernando de Noronha é um dos lugares mais legais que tem no Brasil. Se desse voltaria todos os anos, o simples fato de estar lá já é um remédio para a alma! Quando vieres para o Brasil, não deixe de conhecer…vale a pena.

    Obs: As coisinhas que tem no Tamar são lindas, tenho chaveirinho de Tartarugas lá em casa, um mais lindo que o outro.

    Querida, também desejo um Feliz Natal para você e toda a sua família, e que o ano novo venha com muita sorte, saúde e alegria para todos nós. Sem esqueçer das belas viagens, claro!!!

    Super beijos.

    Responder
  3. pedroserra 20 de dezembro de 2007 às 20:10

    Hey…

    Logo você, uma mergulhadora viajada, amante da natureza, falando para as pessoas comerem o tal do tubalhau… tsc tsc tsc. Shame on you… hehehehe

    Agora vamos ao que eu realmente vim fazer aqui… te desejar um feliz natal também e um 2008 de muitas viagens, mergulhos, lugares paradisíacos e, whenever possible, um pouquinho de trabalho para pagar tudo isso.

    []s

    Pedro

    Responder
  4. Carol Wieser | Trave 21 de dezembro de 2007 às 5:57

    Oi Pedro!

    Olha só, quando estava na ilha me informei sobre os bolinhos de Tubalhau e as pessoas me garantiram que a carne do tubarão vinha do continente e era de animais que ficam presos nas redes de pescadores que ainda praticam este tipo de pesca no Brasil. Acredito que na reserva ecológica de Noronha o IBAMA não fecharia os olhos se isso acontecesse por lá, né? Mas enfim, o fato é que o bolinho existe e é super famoso na ilha… e eu provei!!! Ai, shame on me! Hehehe.

    Obrigada pelos votos de feliz natal e ano novo. Desejo em dobro pra ti!!
    Obs: Sobre um pouquinho de trabalho, acho que vou ter que trabalhar um bocado pra pagar todas as viagens que ainda quero fazer!!! Vixe (!)

    Beijos

    Responder

Leave a Reply

XHTML: You can use these tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>