Johannesburg | Last stop…

Posted by & filed under ÁFRICA, ÁFRICA DO SUL, Johannesburg.

jburg_02.jpg

A pergunta foi unânime: Vão fazer o quê em Jo’Burg todo esse tempo? Quem sabe a resposta seja só uma: O que ninguém faz quando vai pra lá… Ok, há controvérsias, mas a nossa decisão de estender o tempo em Johannesburg foi perfeita. Como não conseguimos aumentar os dias em Cape Town, resolvemos emendar 3 no final do roteiro e o que seria apenas uma conexão virou uma experiência inesquecível e muito proveitosa. Essa esticadinha foi ideal para fazer tudo o que queríamos: Conhecer Soweto (maior núcleo urbano negro do país), ir ao Lion Park, experimentar a aldeia cultural de Lesedi e claro não podia perder de ir ao maior shopping da África do Sul o Sandton City Mall e Mandela’s Square.

Ficamos no mesmo hotel que havíamos nos hospedado no início da viagem (1º post): D’Oreale Grande, e lá conseguimos no concierge uma van (Pretvan Tours) que fazia o passeio para Soweto. Como sabíamos que o bairro é muito perigoso, o transporte público não existe e o alternativo é precário (além de não recomendável), preferimos fazer um tour organizado com mais segurança e pessoas. Tivemos muita sorte, que como é baixa temporada a van estava por nossa conta! O motorista, um senhor muito simpático e experiente, Danie, virou nosso amigo e chofer nos dias subseqüentes. Tudo que queríamos fazer ele nos atendeu, inclusive a ida ao shopping, pois ofereceu o mesmo preço que o táxi nos cobraria. Um anjo!

Enfim, no primeiro dia fomos ao centro da cidade no edifício mais alto (50 pisos) da cidade. No último andar tem um observatório chamado “Top of Africa” que dá para ter uma idéia da dimensão da cidade. Já foi o tempo onde o centro de Jo’burg ainda funcionava comercialmente, devido as constantes guerrilhas que ocorreram no local as empresas foram obrigadas a fugirem de lá indo em sua maioria à Sandton ou arredores. É definitivamente um centro fantasma!!! Todos os prédios sem exceção estão abandonados. Quem visita a África consegue ver que o país ainda enfrenta muitos problemas sociais e econômicos, em especial entre negros e brancos…

A tarde fomos à Soweto e conhecemos: a ex-casa de Nelson Mandela chamada de “Mandela Museum”, a casa da ex-esposa Evelyn (passamos na frente), o museu do Apharteid chamado “Hector Pieterson Museum”, a igreja “Regina Mundi Church”, a história, cultura local e claro a pobreza também. Digamos que Soweto seja uma cidade-satélite muito grande e muito pobre onde definitivamente brancos não são bem vindos. Mas claro, indo com quem entende do assunto é bem tranqüilo.

jburg_01.jpg
Vista do “Top of Africa”
jburg_03.jpg
Soweto…
jburg_04.jpg
jburg_05.jpg
Hector Pieterson Museum…
jburg_06.jpg

Nossa segunda opção de passeio foi bem legal e bem diferente. No segundo dia fomos ao Lion Park, que é um pequeno parque perto da cidade onde dá pra fazer mini safáris e conhecer algumas espécies de leões. Não quis perder a única chance de chegar perto dos filhotinhos, que por sinal são muito fofos. Foi lá que consegui também boas fotos dos bichanos adultos. Bichos abusados… Estão tão acostumados com o movimento que chegam a se esfregar no carro para se coçar! Mas não são domesticados não… Então não coloque o braço pra fora do carro nem pensar!

jburg_07.jpg
Simpática Girafa…
jburg_08.jpg
Pouca gente lembra que elas tem chifres!!!
jburg_09.jpg
Momento gosmento…eca…mas foi legal!!
jburg_10.jpg
Intrusa no ninho…
jburg_11.jpg
Eu afofando o leãzinho…
jburg_12.jpg
Nem o Bibo resistiu aos encantos.
jburg_13.jpg
jburg_14.jpg
jburg_15.jpg
jburg_16.jpg
Instinto materno.
jburg_18.jpg
jburg_19.jpg

Depois seguimos para Lesedi Cultural Experience. Situada a mais ou menos 45 minutos de Johannesburg, a aldeia reúne no mesmo espaço 5 tribos sul-africanas: Zulu, Ndebele, Basotho, Pedi e Xhosa. Cada uma delas tem uma cultura distinta e as diferenças são mostradas aos turistas numa espécie de museu aberto. Participamos do ritual indígena com danças e batuques das diferentes tribos e conhecemos as habitações típicas das aldeias. Depois de tudo isso, um super almoço exótico africano e claro, uma dose de Amarula para finalizar. Ops, não posso esquecer de falar do artesanato que é muito rico, e claro, não resisti aos encantos…

jburg_20.jpg
Esse é o chefe da tribo.
jburg_30.jpg
Artesanato…humm…
jburg_21.jpg
jburg_22.jpg
Velho provérbio africano: A man without culture is like a zebra without stripes.
“Um homem sem cultura é como uma zebra sem listras”.
jburg_23.jpg
Detalhe da foto: Alguém viu a criança atrás dela? Acho que eu vi uma mãozinha…
jburg_24.jpg
Hehehe, Bibo metido…tomando cerveja feita pela tribo…
jburg_25.jpg
jburg_26.jpg
jburg_27.jpg
jburg_28.jpg

No terceiro dia em Jo’burg fomos ás compras. Danie nos levou primeiro em um mercado local chamado “Bruma Lake Market World”, sua especialidade é o artesanato local (e tranqueiras de camelô também) e ali sim a pechincha corre solta. A mercadoria acaba saindo até metade do preço mais barata do que no comércio turístico, aproveitamos e compramos alguns souvenirs. Depois fomos ao Sandton City Mall, perdição para qualquer compradora compulsiva, ainda bem que não me enquadro nesta categoria, mas o shopping vale muito a pena mesmo!!

jburg_29.jpg

Depois de um dia todo de compras e passeios (ou inverso) voltamos ao Hotel e à noite ainda assistimos um caberé no cassino que foi muito legal. Denovo à difícil missão de arrumar as malas (em especial quando se está retornando de viagem) e no outro dia pegamos o vôo cedo rumo à São Paulo. Acaba aqui nossa viagem de lua-de-mel e aventura à África do Sul. A vontade de voltar sempre vai existir! É muito difícil não se apaixonar por lá… Mas quem sabe um dia… Tudo é possível nesta vida, e o que não é a gente corre atrás.

Conheça a Carol Wieser

Carol Wieser escreveu 165 posts para o TRAVEL FOREVER.

Criadora e editora do blog, adora colocar os pés na estrada! Está sempre planejando uma nova viagem. Sua Bucket List é enorme (e azul), dificilmente irá conhecer todos os destinos que deseja, mas continua esperançosa!

Veja também:

Tags: , , ,

7 Responses

  1. Fernanda Pedrollo 11 de abril de 2008 às 6:19

    Irei para Johannesburg e Cape Town e estou pesquisando a respeito desses lugares na internet. Essa matéria foi a melhor que vi, falou muito bem do lugar, me deixou entusiasmada em conhecer Jo´Burg (até emtão só tinha ouvido críticas a respeito).

    Responder
  2. Carol Wieser | Trave 15 de abril de 2008 às 19:19

    Que bom Fernanda!
    Fico feliz que a matéria tenha sido proveitosa pra você. Quando estava planejando minha viagem, também vi dificuldades em achar relatos ou dicas de Jo'Burg e quando achava a maioria não incetivava o turismo pra lá não. Mas te garanto que os passeios que consegui fazer na cidade foram muito legais e valem a pena…
    Abraços

    Responder
  3. Fernanda Pedrollo 10 de agosto de 2008 às 9:04

    Carol,

    Já fiz reservas com a PRETVAN para Jo´Burg. Irei ao Rhino and Lions Park, Elephant Sanctuary, City Tour with Soweto.
    Estou entusiasmada! Mais uma vez obrigada pelas dicas!!!! Seu blog foi muito útil! Bjos

    Responder
  4. Alexandre 1 de setembro de 2009 às 9:55

    Oi Carol.

    Eu também estava cheio de dúvidas de se aceitava ou não a parada grátis em Joha a caminho de Cape Town… seu site e outro me aconselham que sim. Obrigado.. espero ter uma boa estadia lá.. assim como vc teve.

    Em quantas pessoas vcs estavam na Van e quanto ficou para cada??

    Vou ficar num hostel em Parkdene – Boksburg 1459 – Gauteng… vc sabe se fica fácil o acesso a estes locais que vc disse??

    Estarei la em Novembro.. vou pra Cape Town daqui dia 12/9 =D
    Obrigado
    Fique com Deus

    Responder

Leave a Reply

XHTML: You can use these tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>