Cape Town (Cidade do Cabo)

Posted by & filed under ÁFRICA, ÁFRICA DO SUL, Cape Town.

De Mauritius diretamente à Cape Town, considere a conexão em Johannesburg, é obrigatório passar pela imigrição, e esta só é feita ali. Mais ou menos 2h de viagem (from JoBurg) à Cidade do Cabo. Um dos momentos mais esperados da viagem, dizem que Cape Town é uma das 5 cidades mais bonitas do mundo, e claro, posso afirmar, é linda mesmo! A Table Mountain, o Atlântico e o Índico, o colorido, o povo hospitaleiro… Isso tudo faz de Cape uma das cidades mais bonitas do mundo? Não, não acho que seja só por isso! Eles são organizados, preocupados com o turismo e estruturados para ele! Opa, agora sim estamos falando de uma cidade bonita e que sabe explorar o turismo! Tudo muito limpo, civilizado, organizado, sinalizado… muito show! Nosso hotel é outro espetáculo a parte, Table Bay Hotel – 5* superior, um luxo só e o café da manhã? Sabe qual a sensação de tomar café vendo as focas brincarem na água do Watefront? Só indo para Cape. Ok, e se for, dica: reserve mais do que apenas dois dias. A maioria dos pacotes vendidos no Brasil fazem da Cidade do Cabo um ponto de visita rápido antes de ir para o safari, que em geral é o principal atrativo na Africa. Mas 2 dias é definitivamente muito pouco para todas as opções que a cidade oferece: Table Mountain, Museus, Bares e Restaurantes, Cape Peninsula, Boulders, Kalk Bay, Chapman’s Peak Drive, Camps Bay, Robben Island, Two Ocean Aquarium, V&A Waterfront, Long Street…hum, isso foi o que consegui me lembrar no momento, sem falar na Rota Jardim (Gardem Route), Seal Island, Gansbaai (shark-cage diving), Kirstenbosch Botanical Gardens…o e Bungee mais alto do mundo (216m). Infelizmente não tivemos tempo para fazer tudo que queríamos, mas conseguimos montar um roteiro bem legal para dois dias, e claro, deixamos alguns atrativos bem, digamos, “exóticos” de lado, como mergulhar com o tubas brancos e o bungee…quem sabe numa próxima (o Bibo até agora não se conforma).

No primeiro dia, depois daquele café da manhã caprichado, saímos para fazer a primeira inspeção local. Trocamos dinheiro no Waterfront e nos informamos sobre a linha turismo local. Esta é uma opção bem legal para fazer: HopOn-HopOff – City Sightseeing Cape Town, um ônibus com o teto aberto e guia por apenas R100 (red route), ele vai parando em todos os pontos turísticos da cidade, e você pode saltar e voltar a hora que quiser, contanto que não se perca no itinerário. O ponto de partida é em frente ao Aquarium, onde começamos o nosso passeio: passamos pela Clock Tower, Convetion Centre, Gold Museum, Jewel Africa e finalmente Table Mountain, que era o nosso objetivo nesta manhã…Como vocês podem notar, estava muito, mas muito frio, e mesmo assim preferimos ficar na parte externa do ônibus…ô coragem.

Chegando à Table Mountain e o primeiro suspiro, o bondinho é muito grande e o mais legal, ele gira todo o percurso de subida e descida, assim todas as pessoas conseguem ter uma visão privilegiada… e a vista da Table Mountain é simplesmente AMAZING. Dalí você consegue ver toda a cidade e o mar. Demos muita sorte, os dois dias anteriores à nossa chegada a cidade estava sobre uma tempestade animal. Segundo o Guia local, o bondinho não pôde operar nestes dias por causa do vento. Ótimo, tudo conspira a favor…e o dia estava lindo, frio, mas lindo.

cap_01.jpg
O guia do Ônibus…
cap_04.jpg
Long Street…Downtown.
cap_03.jpg
Um pedaço do “Castle of Good Hope” e um pedaço da Table Mountain.
cap_02.jpg
O outro pedaço…
cap_05.jpg
Esse era o banco exclusivo para negros antes do Apharteid.
cap_06.jpg
cap_07.jpg
cap_08.jpg
Bondinho da Table Mountain.
cap_09.jpg
Lá em cima…
cap_10.jpg
cap_11.jpg
cap_12.jpg
cap_16.jpg
cap_13.jpg
cap_17.jpg
cap_14.jpg
cap_15.jpg
Hora de descer…and…

Hop on the bus again…próxima parada Camps Bay, aproveitamos para almoçar. A praia mais chique de Cape Town. Tem muitos restaurantes, bares e no verão este é o lugar mais badalado da cidade, dizem que o congestionamento para chegar aqui é muito HARD.

cap_18.jpg
cap_19.jpg
A Castle Beer para relaxar…
cap_20.jpg
cap_21.jpg
cap_22.jpg
Atrás do Bibo, os 12 apóstolos…nada comparado aos da Australia…mas é bonito também…
cap_23.jpg
Saindo de Camps Bay, uma passadinha por Clifton…

De volta ao V&A Waterfront, fomos visitar o “Two Oceans Aquarium” como todo bom turista, pois este aquário é uma das principais atrações da cidade. Privilegiado pela posição, o aquário mostra a diversidade marinha dos dois oceanos: o Índico e o Atlântico. Nos impressionamos mesmo foi com o tamanho das lagostas, dos caranguejos e claro dos Kelps…uma alga que é gigante (atinge até 50m de altura) e tem por toda Cape. Se quiser, neste lugar pode-se mergulhar no tanque dos predadores, com os simpáticos tubarões…sem graça, pulamos esta parte…

cap_24.jpg
Muitos Nemos…adoro esses palhaços…
cap_25.jpg
Peixe-Leão (ou peixe-escorpião), lindo e tão venenoso…
cap_26.jpg
Comi…hehehe…e tava bom…
cap_27.jpg
Ops…beijinho na moréia…
cap_28.jpg
cap_29.jpg
Essas algas são gigantes…Kelps Forests
cap_30.jpg
Nesta foto o tuba já tinha passado…
cap_31.jpg
Já anoitecendo e uma paradinha para o momento Kodak…
cap_32.jpg
V&A Waterfront

Conheça a Carol Wieser

Carol Wieser escreveu 165 posts para o TRAVEL FOREVER.

Criadora e editora do blog, adora colocar os pés na estrada! Está sempre planejando uma nova viagem. Sua Bucket List é enorme (e azul), dificilmente irá conhecer todos os destinos que deseja, mas continua esperançosa!

Veja também:

Tags: , , ,

26 Responses

  1. ALexandre 3 de outubro de 2007 às 10:14

    NOssaa!!! É lindo mesmo…e parabéns….adorei o roteiro…fotos lindas…vou pra lá na próxima segunda feira….deve ser lindo mesmo…tudo de bom pra vcsss

    Responder
  2. Pedro Veloso 12 de dezembro de 2007 às 5:27

    Olá, adorei as fotos, as dicas e so comments,
    Irei para lá dia 29 de dezembro e retorno dia 20 de janeiro,
    Mas gostaria de saber como é o trasnporte público
    de lá? é caro? se vc trocou real (R$) para R (rand) ? e onde
    é melhor ficar no centro o no subúrbio?
    É pq irei fazer um curso de inglês lá e tem estas duas
    opções.

    Um grande Abraço.
    E desde já agradeço pela atenção.

    Responder
  3. Carol Wieser | Trave 12 de dezembro de 2007 às 9:48

    Pedro,
    Cape Town é uma cidade lindíssima e super organizada (diferente de Johannesburg). Tudo lá funciona, tem transporte público bom e na minha opinião não posso considerar Cape cara. Claro, se você frequentar lugares turísticos com certeza os preços sobem e as casas de cambio exploram também, mas em geral achei ascessível! Dá pra encarar…

    Sobre o câmbio: não troquei "Reais" para Rands, levei U$ mesmo. Infelizmente não lembro de ter visto a conversão nas casas de cambio…

    Sobre lugar para ficar: hum, difícil! Acredito que os suburbios sejam mais em conta, mas uma localização mais central facilita bastante não? Anyway, acho que só chegando lá ou perguntando para alguém que ficou mais tempo por lá para te dar essa informação mais exata. Independente de onde você ficar, aproveite bem seu tempo, tem muitas coisa para fazer por lá, e com certeza se eu voltasse, iria de novo pra Cape. Amei aquela cidade… Pena que não deu tempo de mergulhar com os tubas.

    Abraços, e depois não esqueça de compartilhar suas experiencias…

    Responder
  4. marisa 7 de julho de 2008 às 15:20

    Minha filha está lá, desde dia 29 de junho agora, mas ta tendo dificuldades para comer, é difícil achar carne lá, ou ela que está em lugar que não acha nada, pois ela so tem 15 anos e ta cahndo tudo difícil.
    Obrigada se puder me responder

    Responder
  5. Carol Wieser | Trave 7 de julho de 2008 às 16:15

    Oi Marisa,

    Fiquei surpresa quando você me contou que ela está achando dificuldades em encontrar carnes por lá… Eu comi muito bem em Cape Town e as carnes faziam parte significativa nos cardápios dos restaurantes. Analisando deste ponto, não acredito que a carne seja racionada a ponto de não encontrá-las por lá!

    Mas se ela está tendo dificuldades, sugiro então que ela procure em grandes mercados ou restaurantes mais centrais.

    Tadinha, 15 anos é bem novinha mesmo, tenho certeza que não deve estar sendo fácil se adaptar à um país diferente do nosso. Por experiência própria (pois já morei fora), no começo é beeeeeeeeem difícil e a barreira linguística só dificulta as coisas. Aconselhe a ela ficar calma, procurar sair acompanhada com as amiguinhas e assim ela vai se sentir mais segura e vai conseguir explorar melhor os lugares e descobrir onde estão as coisas.

    Mas não se preocupe Marisa, no começo é assim mesmo, depois se adapta 😉

    Beijinhos

    Responder
  6. Elizabete Lacerda 11 de dezembro de 2008 às 12:07

    Adorei as fotos!!Principalmente o rebolado dos pinguins!! No dia 17 de janeiro irei para Cape Town. Estou ansiosa!!!Ficarei um mês!
    Tem mais algumas dicas??
    bjus

    Responder
  7. Patricia 7 de janeiro de 2009 às 9:49

    Ola Carol!

    Pretendo ir em julho fazer intercambio em Cape Town….mas me disseram que em julho e inverno.

    Notei que apesar do sol, em algumas fotos voce estava com bulsas, vc foi em que epoca.

    E o que aconselha nessa viagem?

    Obrigada

    Responder
  8. Paulo Henrique 16 de fevereiro de 2009 às 15:39

    Ola Carolina, tudo bem ? Parabens pelas fotos. Estao muito bonitas. Devo ir para cape em julho tambem, ficar 4 semanas, voce acha que vale a pena ou nao por causa do frio ? a cidade tem varias coisas pra fazer ou acha que vou ficar atoa enquanto ao estudo ? Obrigado pela tua ajuda se puder me enviar um email!

    Patricia, anota meu email, devo estar por estas bandas com uma prima minha em julho tambem…phmferreira@gmail.com

    valeu galera!!!

    Responder
  9. Carol Wieser | Trave 16 de fevereiro de 2009 às 19:18

    Paulo,

    Assim eu morro de inveja!! Todo mundo indo pra Cape e eu aqui… 😥
    Snifffff… Quero ir também. Alguém tá precisando de guia turística? 😉

    Se vale a pena ir pra Cape?!?! Ohhhh se vale! Vale muito! Acho que você nem precisa se preocupar com o frio (salvo na hora de fazer as malas), afinal é melhor passar frio por lá do que por aqui, não??? Hehehe, brincadeiras à parte, Cape faz frio sim, mas em nenhum momento deixamos de aproveitar a cidade por causa dele. Ao contrário, fez dias super lindos enquanto estávamos lá, o céu extraordináriamente limpo, sem nenhuma nuvem. Durante o auge do dia, até tiramos os casacos e ficamos apenas com as blusas, o pior é no final da tarde ou bem cedinho que gela.

    A cidade têm muitas coisas pra fazer, além de todos os museus e atrações turísticas como Table Mountain, Cape é bem badalada à noite, possui muitos barzinhos, restaurantes e com certeza tem muito estudantes por lá que deixam a cidade bem mais jovem.
    Se você vai estudar então… fica bem mais fácil fazer uma turma e explorar o que Cape tem a oferecer.

    Existe ainda alguns safaris (menores) que pode ser feito perto de Cape Town. Em geral são em reservas privadas, em Western Cape's. Veja, não fiz estes safaris e não sei ao certo como funcionam mas acredito que possa ser bem legal passar um dia.
    Ouvi falar de 2 lugares quando estive lá, um seria Sanbona Wildlife Reserve, e outro Aquila Private Game Reserve. Acredito que ambos fiquem a menos de 2 horas de Cape. Pertinho não???

    E pelos arredores tem muito mais coisas como mergulhar com tubas, alguns esportes radicais, bungee jumps, enfim esse lugar seria como a Nova Zelândia da África entende???

    Bom Paulo, espero ter ajudado.
    Espero também que você não se decepcione com a cidade (tenho certeza que vai adorar) – Desejo uma ótima viagem!! 🙂

    Abs,

    Responder
  10. Edna 19 de maio de 2009 às 18:37

    Eu vou com minha filha agora em junho e meu hotel é o Hotel Capetonian – situado perto do waterfront. Como estamo muito sem dinheiro, gostaria de saber se é necessário contratar para fazer os passeios turisticos ou podemos arriscar. Sou muito aventureira e já viajei bastante, mas ainda tenhop muita dificuldade com o inglês. Obrigado

    Responder
  11. heloisa 19 de junho de 2009 às 10:29

    Oi!!! Adorei as fotos. Estou indo com meu marido em setembro e gostaria de saber se é facil alugar carro, se tem estacionamento, os preços ou se é melhor fazer um pacote local p ir ao cabo da boa esperança e tb se é melhor sair de taxi a noite. pretendo ficar ou no waterfront ou na long street.
    Abs,
    heloisa

    Responder
  12. Sérgio 9 de setembro de 2009 às 19:06

    Estou indo para captown em Novembro para fazer curso de ingles e conciliar com viagem. Em Novembro é muito frio lá? voce aconselha alguma escola para estudar.

    Abraços,

    Sérgio

    Responder
  13. Willyan Cordeiro 14 de agosto de 2010 às 16:51

    Olá Carol, achei essa postagem pois estava procurando informações sobre Cape Town.

    Estou querendo usar as férias de janeiro de ano que vem, pra estudar inglês e conhecer um lugar novo. Não estava muito a fim de escolher os EUA, porque é mais caro e a burocracia é maior.

    Como é o uso do inglês aí? As atrações turísticas são muito caras? O centro é perigoso assim como em algumas cidade do brasil.

    Obrigado.

    Abraços

    Responder

Leave a Reply

XHTML: You can use these tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>